Com informações do G1. O líder do PSDB, senador Arthur Virgílio, solicitou hoje a abertura de um processo administrativo contra o ex-diretor geral da...

Com informações do G1.

O líder do PSDB, senador Arthur Virgílio, solicitou hoje a abertura de um processo administrativo contra o ex-diretor geral da Casa, Agaciel Maia. O pedido foi feito ao primeiro-secretário, senador Heráclito Fortes. O democrata, que está no Piauí, vai analisar o documento para relatar as providências a serem tomadas.

O requerimento se baseia na reportagem do jornal O Estado de S.Paulo, que revela diálogos do presidente Sarney com o filho. Na conversa, os dois negociam a nomeação de um namorado da neta de José Sarney.

Num primeiro momento, Virgílio pensou em encaminhar o assunto para o Conselho de Ética. Seria a quarta denúncia dele contra o presidente do Senado. Entretanto, foi aconselhado a acionar Agaciel, mentor e editor de nomeações e exonerações por meio de “atos secretos” ao longo dos últimos 14 anos.

Segundo Virgílio, as gravações feitas pela Polícia Federal com autorização da Justiça evidenciam a intenção de Agaciel de patrocinar “interesse privado perante a administração pública”. Para o senador, Maia também cometeu crime de advocacia administrativa e deve ser punido.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *