Um ato aparente de insubordinação vem se somar ao descontentamento do governo paulista  com o o comportamento da Corregedoria de Polícia e da Secretaria...

Um ato aparente de insubordinação vem se somar ao descontentamento do governo paulista  com o o comportamento da Corregedoria de Polícia e da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo. Ao contrário do que determinou o Secretário Antônio Ferreira Pinto, os delegados que protagonizaram os abusos registrados no video conhecido como “Operação Pelada”, divulgado em primeira mão pelo Blog do Pannunzio e pela Rede bandeirantes, ainda não foram afastados.

O afastamento foi  comunicado por meio de uma nota oficial divulgada pelo secretário Antônio Ferreira Pinto no último dia 21. Na nota, Ferreira Pinto afirmava ao tomar conhecimento das imagens veiculadas pela Rede Bandeirantes de Televisão, relacionadas com operação desenvolvida pela Corregedoria da Polícia Civil em 15 de junho de 2.009, determinou a saída dos delegados de polícia EDUARDO HENRIQUE DE CARVALHO FILHO e GUSTAVO HENRIQUE GONÇALVES, lotados até a presente data na Corregedoria” (leia a íntegra aqui).

Todos os atos da administração pública só passam a ter efeitos legais após a publicação no Diário Oficial. Mas isso até agora não aconteceu. Na corregedsoria da Polícia civil, informa-se que ambos estão escalados para o plantão desta sexta-feira.

O Blog está tentando contatar a assessoria de imprensa da SSP para explicar a situação, mas ainda não conseguiu retorno.

Comentários

  • ISABEL CRISTINA

    27/02/2011 #1 Author

    pedimo que o secretario de segurança pública continue no cargo de secretario, visto que o mesmoe esta trabalhando para que policias corruptos sejam extintos da policia e este video que postaram na net foi só para derrubar o secretario, isto é politicagem.. QUE PAÍS É ESSE.

    Responder

  • Marcio

    25/02/2011 #2 Author

    Eles vão para o DECAP, os comentários já são de domínio público.
    E alguns Delegados Titulares para quem eles foram "oferecidos", recusaram o "presente"…
    Comentário de um deles, à boca pequena: "…não aceito covardes em minha unidade…".
    Só espero que não seja para uma Delegacia perto de minha residência.

    Responder

  • GODY

    24/02/2011 #3 Author

    na verdade quando o Secretario elevou o nivel da corregedoria ao mesmo nivel de Delegacia Geral acabou colocando essa mulher que já provou ser uma louca descontrolada acima da lei!!Pena onde vamos parar????

    Responder

  • Stella

    24/02/2011 #4 Author

    Como pode, todos impunes, secretário,corregedora, delegados,promotores e juiz????
    Com a palavra o Governador, ou manda ou não manda.
    Ou está de acordo para não penalizar o Goldman?
    Quem segura este secretário,o Aloysio Nunes,a P.Militar?
    Ou o próprio governador, realmente há mais coisas entre o céu e a terra, do que sonha nossa vã filosofia.
    Como cidadã , mãe, mulher exijo providências, nem que tenham de vir de instituições como a Anistia Internacional.
    Tribunal, mandem todos para bem longe do poder,da segurança,do judiciário.

    Responder

  • Rita

    24/02/2011 #5 Author

    Então os envolvidos nesse caso devem estar mesmo acima da lei. Que bagunça é essa?

    Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *