Com informações da Folha Online. O Ministério Público Federal confirmou hoje o pedido de quebra de sigilo bancário do ex-diretor geral do Senado, Agaciel...

Com informações da Folha Online.

O Ministério Público Federal confirmou hoje o pedido de quebra de sigilo bancário do ex-diretor geral do Senado, Agaciel Maia, e do ex-diretor da Secretaria de Recursos Humanos da Casa, João Carlos Zoghbi. A solicitação foi feita em maio, pelo procurador da República no DF, Gustavo Pessanha. Ele coordena as investigações sobre o suposto equema de desvio de recursos públicos em operações de crédito consignado e que envolveria os dois.

Hoje, o corregedor do Senado, Romeu Tuma (PTB-SP), havia dito que o pedido partiu do novo procurador-geral da República, Roberto Gurgel. Mas segundo a Procuradoria Geral da República, Gurgel não teria permissão para quebrar o sigilo de Zoghbi e Agaciel porque eles não têm foro privilegiado.

Para ler esta notícia na íntegra, clique aqui.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *