Gabriela Guerreiro, da Folha – O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), usou o blog oficial da instituição para divulgar a sua biografia, lançada...

Gabriela Guerreiro, da Folha –

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), usou o blog oficial da instituição para divulgar a sua biografia, lançada ontem em Brasília.

Em um vídeo de pouco mais de um minuto, postado ontem, o senador fala de dois trechos da publicação “Sarney – A Biografia” –um deles relacionado ao escândalo dos “atos secretos” que atingiu o Senado em 2009.

No vídeo, Sarney reitera a acusação ao governador do Acre, Tião Viana (PT), revelada ontem pela Folha –a quem atribui o início da crise do Senado.

“Chegou ao meu conhecimento que tinham entregue ao senador Tião Viana um dossiê, e ele teria passado ao 'Estado de S. Paulo'. Havia um movimento de funcionários aqui também, a luta interna é muito grande entre grupos de funcionários”, afirma no vídeo.

Depois do ataque, Sarney faz um afago ao governador. “Na realidade isso é coisa já ultrapassada. O Tião Viana está sendo um bom governador do Acre.”

debt settlement letter

Viana foi adversário de Sarney na disputa pela presidência do Senado, em 2009, mas não quis comentar a acusação do peemedebista.

No blog, o senador também fala sobre o trecho do livro no qual admite que andou armado depois que seu desafeto Vitorino Freire (1908-1977) ameaçou arrancar o seu bigode a pinça, na década de 60. “Havia um certo suspense sobre um encontro que poderíamos ter. Era prática todo mundo andar armado.”

O Senado justificou o uso do blog para a divulgação da biografia ao afirmar que ele não tem relação direta com o site principal da instituição –embora a página oficial da Casa tenha um link com a chamada do blog.

Segundo assessores de Sarney, o peemedebista vai fazer uso do blog quando “achar necessário”, como já fez em outros cinco vídeos postados na página.

Clique aqui para ler a íntegra no site da Folha

zp8497586rq
Comentários