Destaques dos jornais de hoje – Folha de S. Paulo

Donos usam laranjas em licitações de rádios e TVs
Funcionários públicos, donas de casa e enfermeiro figuram entre os proprietários das empresas

Levantamento feito pela Folha mostra que empresas abertas em nome de outras pessoas (laranjas) são frequentemente usadas por especuladores, igrejas e políticos para comprar concessões de rádio e TV em licitações do governo federal.
Entre os “proprietários” há funcionários públicos, donas de casa e enfermeiro, pessoas com renda incompatível com os negócios.
A reportagem analisou os casos de 91 empresas; 44 não funcionam nos endereços registrados.

De 1997 a 2010, o Ministério das Comunicações ofereceu 1.872 concessões de rádio e 109 de TV.
A pasta diz não ter como identificar se os nomes nos contratos são de laranjas. Afirma também que não pode contestar a veracidade de documentos e emitidos por cartórios e juntas comerciais. (Página 1, Poder)

Marinha queria matar guerrilheiro, diz documento
Documentos do Comando da Marinha mostram que, no começo da década de 1970, havia a determinação prévia de matar os integrantes da guerrilha do Araguaia, e não apenas derrotar o maior foco da luta armada contra a ditadura. O Ministério da Defesa não comentou. (Página 1, Poder A11)

Editoriais
Leia “O Brasil lá”, sobre a aspiração do país de integrar o Conselho de Segurança, e “Dados sem máscara”, acerca de informações sobre criminalidade.
(Página 1, Opinião A2)

zp8497586rq
Comentários