Com informações do Estadão. O governo bateu, no último mês, o recorde de expulsões de servidores públicos por envolvimento em corrupção dentro da administração...

Com informações do Estadão.

O governo bateu, no último mês, o recorde de expulsões de servidores públicos por envolvimento em corrupção dentro da administração federal. Ao todo, 43 funcionários foram afastados da máquina, elevando para 2.179 o número desde 2003.

A média anual é de 311,2 expulsões e mostra a intensidade das irregularidades cometidas.

De todos os registros, 1.878 representaram demissões sumárias. Outras 169 pessoas foram destituídas de cargos ou funções e 132 tiveram as aposentadorias cassadas. Na maioria dos casos, o funcionário usou o cargo para tirar proveito pessoal. Os culpados, entretanto, raramente são punidos.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *