Com informações do Estadão. O presidente do PSDB, senador Sérgio Guerra (PE), afirmou hoje que o partido vai ingressar no Conselho de Ética com...

Com informações do Estadão.

O presidente do PSDB, senador Sérgio Guerra (PE), afirmou hoje que o partido vai ingressar no Conselho de Ética com quatro representações contra o presidente da Casa, José Sarney, e não apenas uma.

O pedido foi feito pelo líder Arthur Virgílio (AM), autor de quatro denúncias individuais contra o parlamentar.

Segundo Virgílio, o ingresso de quatro reclamações evita que o presidente do colegiado e aliado de Sarney, Paulo Duque (PMD-RJ), arquive as denúncias de uma vez só, já que existe essa possibilidade.

Se aceitas, essas representações podem levar à cassação do mandato do político. Instaurado o processo de cassação, o julgamento no colegiado se dá em votação aberta. Com maioria de aprovação por parte dos conselheiros, segue para o plenário, onde a votação é secreta.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *