Com informações da Folha Online. O PSDB decdiu protocolar hoje três novas representações contra o presidente do Senado, José Sarney. As reclamações seguem para...

Com informações da Folha Online.

O PSDB decdiu protocolar hoje três novas representações contra o presidente do Senado, José Sarney. As reclamações seguem para o Conselho de Ética da Casa, que volta a se reunir no dia 5 de agosto.

As ações tratam do suposto envolvimento do senador na edição dos atos secretos, da suspeita de interferência do parlamentar a favor de um neto que intermediava operações de crédito consignado para servidores do Senado, e do uso do cargo para tirar benefícios para a fundação que leva o nome dele no Maranhão.

Antes, a ideia era apresentar quatro representações, seguindo o líder tucano Arthur Virgílio (AM), que protocolou quatro denúncias individuais contra Sarney. Mas os integrantes da legenda conseguiram chegar a um consenso e reuniram todas as reclamações em três requerimentos. Segundo o presidente do PSDB, senador Sérgio Guerra (PE), não existe mais espaço para conciliação entre tucanos e Sarney.

Essa estratégia pode fortalecer a oposição porque, com isso, os Democratas não precisariam representar contra o peemedebista e um dos três senadores desse partido no colegiado poderia ser sorteado para relatar um dos processos. Na próxima semana, a legenda se reúne para definir se representa ou não contra o presidente do Senado.

Outra representação também já foi entregue pelo PSOL contra o parlamentar no colegiado.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *