Até EUA pressionam Obama a mostrar Bin Laden morto Casa Branca muda versão e diz que terrorista estava desarmado; Paquistão nega ter autorizado ação...

Até EUA pressionam Obama a mostrar Bin Laden morto
Casa Branca muda versão e diz que terrorista estava desarmado; Paquistão nega ter autorizado ação

Dois dias depois de assassinar Osama bin Laden, numa operação militar no Paquistão, e se livrar do corpo no Mar Arábico, o governo dos EUA se viu ontem sob crescente pressão para divulgar fotos do cadáver. Parlamentares e parentes de vítimas dos atentados do 11 de Setembro pediram que a Casa Branca libere as imagens para por fim às controvérsias. A alta comissária de Direitos Humanos da ONU, Navy Pillay, cobrou mais detalhes sobre a operação, ressaltando em comunicado que “todos os atos contra o terrorismo devem respeitar o direito internacional”.

O governo americano disse estar estudando se vai divulgar as fotos, que alegou serem “horrendas” e “potencialmente incendiarias”, pois mostrariam Bin Laden desfigurado. Ontem, o Paquistão negou ter dado permissão para a ação militar americana. Especialistas ouvidos pelo GLOBO discutiram os pontos polêmicos da Operação Geronimo, como a invasão do território paquistanês, a morte do terrorista desarmado – lato admitido ontem pela Casa Branca e que configuraria uma execução – e o lançamento do corpo ao mar. (Págs. 1, 32 a 37, Zuenir Ventura e editorial “Hora de apoio firme á democracia árabe”)

O perigo morava ao lado
Os vizinhos da mansão-fortaleza de Bin Laden em Abbottabad tinham curiosidade sobre os reclusos moradores do casarão, mas não imaginavam que ali dentro se escondia o terrorista mais procurado do mundo. Os supostos proprietários justificavam os muros altos e o arame farpado alegando ter muitos inimigos. E às crianças das redondezas não era permitido entrar para pegar bolas que caiam no quintal. Em vez disso, eram ressarcidas em dinheiro. (Págs. 1 e 34)

Foto legenda: Moradores e jornalistas observam a mansão-fortaleza de Bin Laden em Abbottabad: vizinhos tinham mais curiosidade do que suspeitas sobre reclusos ocupantes

Elio Gaspari
Jogando-se o corpo de Bin Laden no mar, queimou-se o arquivo. (Págs. 1 e 6)

Miseráveis somam 16,2 milhões no país
Governo estabelece como critério de extrema pobreza renda per capita de até R$ 70 mensais

O Ministério do Desenvolvimento Social informou que o Brasil tem 16,2 milhões de miseráveis (8,5% da população). São pessoas obrigadas a sobreviver com renda familiar per capita de até R$ 70 por mês. O número de miseráveis, obtido a partir da versão preliminar do Censo de 2010, surpreendeu por ser bem maior que o estimado até hoje, com base na Pnad: 10 milhões de pessoas (5% da população). Com isso, ficará ainda mais difícil para a presidente Dilma Rousseff cumprir a promessa de erradicar a pobreza extrema em quatro anos. Ela lançará o Plano Brasil sem Miséria. (Págs. 1 e 3)

Dirceu ameaçou ser candidato a presidir o PT
Para barrar o plano da presidente Dilma de eleger Humberto Costa presidente do PT, o deputado cassado José Dirceu ameaçou se candidatar. (Págs. 1 e 12)

Em 2012, a inflação deve continuar alta
Com pressões de salário mínimo e alta de produtos básicos, o mercado aposta que a inflação deve ficar entre 5% e 5,5%. (Págs. 1, 23 e Miriam Leitão)

Começa em 48h resgate de corpos do 447
Pode começar nas próximas 48 horas, segundo o “Le Monde”, o resgate dos corpos de passageiros do voo 447. A segunda caixa-preta já foi resgatada. (Págs. 1 e 22)

Piscinão para aclimatação de atletas
A prefeitura sugeriu ao Comitê Rio 2016 o Piscinão de Ramos como uma das instalações a servir para a aclimatação ou treinamento de atletas. (Págs. 1 e 14)

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *