Estradas federais batem recorde de mortes pela 2ª vez Mortalidade sobe mais 15% em 2010; governo culpa mistura de asfalto melhor, que facilita velocidade,...

Estradas federais batem recorde de mortes pela 2ª vez
Mortalidade sobe mais 15% em 2010; governo culpa mistura de asfalto melhor, que facilita velocidade, com traçado ruim

Em todo o país, 8.516 pessoas morreram nas estradas federais em 2010, recorde pelo segundo ano consecutivo e 15,5% mais que 2009. Esse crescimento é quase o dobro do aumento no fluxo de veículos nas rodovias, informam José Ernesto Credendio e Dimmi Amora.
Estatísticas do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes revelam que as ocorrências ficaram mais violentas. Para cada 10 mil acidentes, houve 471 mortes no ano passado. Em 2009, foram 464. Minas Gerais, com maior malha federal, lidera em vítimas. (Págs. 1 e Cotidiano C1)

EUA não vão divulgar imagens de Bin Laden
O presidente Barack Obama decidiu que não serão divulgadas fotos do corpo de Osama bin Laden, morto no domingo, no Paquistão.
A avaliação da Casa Branca é que a difusão de imagens pode suscitar revolta. (Págs. 1 e Mundo A12)

Foto legenda: Cartazes atacam Obama em Jacarta, na Indonésia, onde o americano viveu na infância.

Alberto do Amaral Jr.
Tese da legítima defesa não vale dez anos depois. (Págs. 1 e Mundo A14)

Scott Siliman
Presidente pode usar força contra quem nos ataca. (Págs. 1 e Mundo A14)

Kenneth Maxwell – Obama pôs fim ao mito de um Osama invencível

A morte de Osama bin Laden representa imensa vitória para o presidente dos EUA. Não será o fim da história, de forma alguma.
Mas Obama pôs fim ao mito da invencibilidade de Osama. E isso é uma grande realização. (Págs. 1 e Opinião A2)

Conselho quer incentivo para colégios fixarem carga de matéria
O Conselho Nacional de Educação aprovou novas diretrizes para o ensino médio que incentivam as escolas a decidir a carga horária das disciplinas obrigatórias.
Nos cursos noturnos, 20% das aulas poderão ser à distância. As medidas precisam ser aprovadas pelo Ministério da Educação para entrar em vigor. (Págs. 1 e Cotidiano C7)

Feirão da Caixa venderá 450 mil imóveis no país; 195 mil só em SP (Págs. 1 e Mercado B4)

HC da USP testa magnetismo para tratar dor crônica
Com a meta de aliviar a dor crônica, o Hospital das Clínicas da USP em São Paulo testa um aparelho que, colocado na cabeça, gera estímulo magnético e libera analgésicos produzidos pelo próprio corpo. (Págs. 1 e Saúde C12)

Vencedor da obra do 3º terminal vai explorar comércio
O vencedor da licitação para construir o terceiro terminal de Cumbica será remunerado com exploração da área comercial do novo setor. Para o governo, isso deve acelerar a construção, já que a empresa vencedora vai querer concluir a obra rapidamente. (Págs. 1 e Mercado B11)

Aidan, 5, vendeu desenhos para tratar seu câncer
Aidan Reed, 5, soube em setembro que tinha leucemia. Os pais teriam de vender a casa para pagar o tratamento. Não foi preciso. O garoto vendeu 3.000 de seus desenhos, a US$ 12 cada, pela internet. (Págs. 1 e Saúde C12)

Foto legenda: Aidan Reed no hospital, durante tratamento.

Assembleia do PA ‘contratou’ fantasma com 1 ano de idade (Págs. 1 e Poder A8)

Editoriais
Leia “O limiar da miséria”, que discute definição oficial da pobreza extrema, e “Portugal no purgatório”, sobre condições duras do ajuste no país. (Págs. 1 e Opinião A2)

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *