O Globo – A Microsoft anunciou nesta terça-feira a compra da Skype por US $ 8,5 bilhões em dinheiro, tornando-se a maior e mais...

O Globo –

A Microsoft anunciou nesta terça-feira a compra da Skype por US $ 8,5 bilhões em dinheiro, tornando-se a maior e mais cara aquisição da companhia em seus 36 anos de existência. De acordo com a Microsoft, o contrato já foi aprovado entre os conselhos diretos da duas empresas.

Com a aquisição, a Skype fará parte de uma nova divisão de negócios dentro da Microsoft. O CEO da companhia VoIP, Tony Bates, assumirá o cargo de presidente da divisão, reportando-se diretamente a Steve Ballmer, CEO da Microsoft.

Em comunicado, Ballmer afirmou que o serviço da Skype é desejado não só por companhias de internet como pelos milhões de usuários, que vêm adotando a comunicação VoIP como alternativa às tarifas de empresas de telecom e garantindo o sucesso da Skype.

“O Skype é um serviço fenomenal e amado por milhões de pessoas em todo o mundo. Juntos, vamos criar o futuro da comunicação em tempo real para que as pessoas possam facilmente se conectar à família, amigos e clientes em qualquer lugar do mundo”, diz o comunicado.

Ao justificar a venda da companhia, o CEO da Skype afirmou que a Microsoft é a empresa ideal para garantir o futuro do serviço de comunicação de voz por IP.

“A Microsoft e a Skype compartilham a mesma visão de trazer inovação em software e produtos novos para nossos clientes”, disse Tony Bates.

Ballmer ainda afirmou que a parceria com Tony Bates será positiva, em razão da grande reputação como líder do CEO da Skype. Bates vai reforçar a equipe de gestão da Microsoft.

A união da tecnologia e gestão das duas empresas irá aumentar o acesso a ferramentas de vídeo em tempo real e comunicação de voz, trazendo benefícios principalmente para os usuários corporativos, segundo a Microsoft. A empresa quer criar novos negócios no setor, o que deve gerar mais oportunidades de receita além de propagar o uso do Skype por diversos países que já trabalham com ferramentas Microsoft.

Apesar da soma de US$ 8,5 bilhões não ser suficiente para causar problemas financeiros à Microsoft, alguns analistas afirmam que este é um valor alto para uma companhia que já trocou de dono várias vezes durante um tempo relativamente curto de vida.

Em 2009, o eBay vendeu sua participação majoritária na Skype para um grupo investidor que inclui a Silver Lake, o Canada Pension Plan Investment Board e Andreessen Horowitz por US$ 1,9 bilhão em dinheiro e US$ 125 milhões em ações, mas manteve um terço dos papéis da empresa.

– Se considerarmos que a Skype foi avaliada em cerca de US$ 2,5 bilhões há 18 meses atrás quando uma participação foi vendida, então os US$ 8,5 bilhões parece generoso e significa que a Microsoft terá que provar aos investidores que a Skype é um item necessário para a estratégia on-line e móvel da companhia – disse Michael Clendenin, diretor da empresa de consultoria RedTech Advisors.

Clique aqui para ler a íntegra no site do Globo

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *