Justiça reforça defesa pelos direitos dos gays Relator do processo que resultou na decisão do STF de estender a união estável para casais homossexuais,o...

Justiça reforça defesa pelos direitos dos gays
Relator do processo que resultou na decisão do STF de estender a união estável para casais homossexuais,o ministro Carlos Ayres Britto disse ao Correio que a Corte tinha a exata noção da repercussão e da importância dessa medida.“Se tirássemos deles (dos gays) as consequências da decisão,o que sobraria seria a relação física, o que eles já têm”,afirmou. Ontem, pela primeira vez com base no entendimento do Supremo,o STJ reconheceu a relação homoafetiva num caso de partilha de bens. (Págs. 1, 36 a 38 e Visão do Correio, 24)

Bispos condenam
CNBB afirma que o Supremo ultrapassou limites ao decidir em favor da união gay. (Págs. 1 e 38)

Brasília engajada
Distrito Federal tem segundo maior número de casais do mesmo sexo o país. (Págs. 1 e 37)

Imagem polêmica
Leitores e internautas comentam a foto do beijo entre homens no correio. (Págs. 1, 36 a 38 e Crônica da Cidade, 41)

Pizza para quem gosta de pizza
Servidores da Câmara Legislativa fizeram um protesto bem-humorado contra os parlamentares que não abrem mão de preencher 50% das vagas da Casa com cargos comissionados. Liliane Roriz foi uma das distritais abordadas pelos “pizzaiolos”. A manifestação surtiu efeito: reunião discutirá o impasse na próxima semana. (Págs. 1 e 33)

Código florestal: Governo recua e Câmara adia a votação
Após um dia inteiro de negociações, o governo propôs no fim da noite de ontem a retirada da pauta do projeto de lei do Código Florestal. A manobra inflamou as discussões e expôs o racha entre aliados. (Págs. 1 e 2)

Previdência: Taxa menor na folha de pagamento
Governo aceita reduzir de 20% para 14% a alíquota de contribuição social das empresas. A proposta foi apresentada ontem às centrais sindicais e seria uma das medidas para a criação de empregos em diversos setores. (Págs. 1 e 17)

Tremor mata na Espanha
Dois terremotos — o maior deles com magnitude 5.1 — destroem prédios e provocam a morte de pelo menos 8 pessoas em Murcia. (Págs. 1 e 27)

Carro novo eleva calote
Sem poderem pagar o financiamento, donos de veículos elevam a inadimplência no país. Alta é a maior desde 2002. (Págs. 1 e 20)

Postos do DF com vantagens suspeitas
O Ministério da Justiça decide averiguar o contrato da BR Distribuidora, da Petrobras, com a rede de combustíveis Gasol. Segundo a Secretaria de Direito Econômico, há indícios de favorecimento à empresa candanga. Entre as irregularidades está a cobrança de aluguéis abaixo dos valores de mercado. (Págs. 1 e 43)

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *