Ana Flor, da Folha – Jorge Gerdau Johannpeter, um dos maiores empresários do país, passa a ter a partir desta semana uma sala no...

Ana Flor, da Folha –

Jorge Gerdau Johannpeter, um dos maiores empresários do país, passa a ter a partir desta semana uma sala no Palácio do Planalto.

Presidente da Câmara de Políticas de Gestão, criada oficialmente ontem pela presidente Dilma Rousseff, Gerdau –que vive no Rio Grande do Sul– pretende despachar semanalmente em Brasília, aconselhando o governo em como aprimorar a gestão.

A sala de Gerdau deve ficar no terceiro andar do Planalto, ao lado do gabinete da presidente. Ele presidirá o grupo de outros três empresários e quatro ministros.

A tarefa dos conselheiros será criar formas de o governo reduzir custos, racionalizar processos e melhorar os serviços prestados.

Gerdau é cortejado por Dilma desde antes da posse. Os dois mantêm uma relação de amizade que remonta à época em que Dilma foi secretária de Energia do RS.

Durante a campanha, se encontraram mais de uma vez. Ela chegou a sondá-lo para um ministério.

Ontem, o empresário afirmou que passará pelo menos um dia por semana em Brasília. Segundo o Palácio do Planalto, a atividade é considerada “serviço público relevante” e não é remunerada.

Além de Gerdau, fazem parte da Câmara os empresários Abílio Diniz (Pão de Açúcar), Antônio Maciel Neto (Suzano) e Henri Philippe Reichstul, ex-presidente da Petrobras no governo Fernando Henrique Cardoso.

Clique aqui para ler a íntegra no site da Folha

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *