Código Florestal – Relatório de Aldo estimula crime ambiental, diz governo Diretor do Ministério do Meio Ambiente diz que texto dá anistia a desmatadores...

Código Florestal – Relatório de Aldo estimula crime ambiental, diz governo
Diretor do Ministério do Meio Ambiente diz que texto dá anistia a desmatadores

Em documento enviado à Casa Civil, o Ministério do Meio Ambiente acusou o relator do projeto de reforma do Código Florestal, deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP), de estimular os crimes ambientais ao retirar do texto um artigo que proíbe a concessão de crédito rural para produtores que desmataram ou cometeram outras infrações. “Voltamos à situação em que o crime ambiental compensa. A implicação prática disso é desastrosa”, criticou João de Deus Medeiros, diretor do ministério. Ao todo, o relatório aponta dez problemas no texto de Aldo Rebelo, que, na noite da última quarta-feira, já tinha sido aprovado pelo líder do governo na Câmara, Cândido Vaccarezza (PT-SP). Um dos problemas é a inclusão de uma anistia aos desmatadores, que a presidente Dilma Rousseff havia prometido rejeitar. Vaccarezza alegou ontem que, como relator, Aldo tinha autonomia para acatar ou rejeitar as sugestões do governo. (Págs. 1, 3 e Merval Pereira)

Pressão deixa vereadores a pé
Numa guinada radical, motivada pela forte repercussão negativa da medida, o presidente da Câmara do Rio, Jorge Felippe, decidiu ontem sustar a compra de carros de R$ 69 mil, zero-quilômetro, para os vereadores. O problema agora é reaver os R$ 2,3 milhões já pagos à Volkswagen pelos 33 primeiros veículos. A desistência pode implicar em pagamento de multa. (Págs. 1 e 16)

Justiça manda prender os ‘larga-vidas’
Após dois dias de postos de salvamento vazios, o secretário estadual de Saúde e Defesa Civil, Sérgio Côrtes, classificou ontem como criminoso o movimento dos bombeiros. A pedido da Corregedoria Militar dos Bombeiros, a Justiça mandou prender os cinco líderes da greve. (Págs. 1 e 25)

Os ‘plural’ do MEC
O Ministério da Educação distribuiu para cerca de 485 mil estudantes um livro que defende o uso da linguagem popular, mesmo que com erros grosseiros. Para a publicação, o conceito de certo ou errado deveria ser trocado para adequado ou inadequado. “Posso falar ‘os livro’?” “Claro que pode”, diz trecho da obra “Por uma vida melhor”. (Págs. 1 e 9)

Alckmin dá Habitação a Maluf em SP
O governador Geraldo Alckmin convidou o deputado Paulo Maluf, inimigo histórico dos tucanos em SP, para levar o PP a integrar sua gestão. O partido comandará a Companhia Habitacional do estado. Alckmin tenta atrair aliados em meio à guerra com o prefeito Gilberto Kassab. (Págs. 1 e 12)

Petrobras: lucro foi a R$ 10,9 bi no trimestre
Mesmo perdendo receita por não ter repassado a alta do petróleo ao preço dos combustíveis no país, a Petrobras lucrou R$ 10,9 bi no 1º trimestre. O resultado foi 42% maior do que no mesmo período de 2010. A empresa não divulgou o seu planejamento para 2011-2015. (Págs. 1 e 29)

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *