Brasília mais cara que Nova York ou Paris Segundo os empresários locais, a culpa é da carga tributária, mas em tempo de economia aquecida...

Brasília mais cara que Nova York ou Paris
Segundo os empresários locais, a culpa é da carga tributária, mas em tempo de economia aquecida e de alto poder aquisitivo, muitos jogam os preços para cima. Enquanto uma bolsa de luxo, por exemplo, custa R$ 2,3 mil na capital francesa, aqui ela sai por R$ 6 mil. (Págs. 1, 34 e 35)

Eleições: Às empreiteiras, com gratidão
Três das cinco grandes construtoras que bancaram eleições de partidos aliados recebem de volta, incluindo os juros, o dinheiro aplicado em candidatos. O afago do governo vem na forma de contratos públicos.Só este ano elas embolsaram R$ 220 milhões em obras. (Págs. 1 e 2)

Alerta: Óxi, a droga da morte, chega ao DF
Três vezes mais letal que o crack, o entorpecente, que é uma mistura de pasta base de cocaína, cal virgem, querosene ou gasolina e solução de bateria, começa a ser consumido por usuários da cidade, apesar de a polícia ainda não registrar nenhum caso de apreensão do oxidado, como também é chamado. (Págs. 1, 30 e 31)

IML conclui que loucura de Deborah Guerner é teatro (Págs. 1 e 28)

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *