Destaques dos jornais de hoje – Folha de S. Paulo

Congresso trava lei de enriquecimento ilicito
Proposta parada, enviada à Câmara em 2005, prevê pena de até 8 anos de reclusão

Estão parados no Congresso há mais de um ano projetos do governo que punem servidores que não explicam sua evolução patrimonial e empresas envolvidas em corrupção praticada por seus representantes.
Em uma das propostas, enviada pelo Planalto à Câmara em 2005, o enriquecimento ilícito de funcionários públicos é transformado em um artigo do Código Penal, prevendo pena de três a oito anos de reclusão. (Págs. 1 e A4)

Negros ainda têm poucos cargo

s de chefia no Brasil
Pesquisa nas 500 maiores empresas mostra que negros ocupam poucos cargos de comando no país – estão em 13,2% dos postos de gerência e em 5,3% das diretorias. Ainda assim, a participação da mão de obra negra nas empresas cresceu na era Lula, de 23,4% (2003) para 31,1% (2010). (Págs. 1 e B9)

Candidatos na Argentina usam em campanha projetos de Lula
Pré-candidatos à Presidência da Argentina usam propostas lulistas para fazer campanha. Ricardo Alfonsin e Eduardo Duhalde têm como bandeira uma versão local do Fome Zero, e Alfonsin quer criar um “conselhão” nos moldes daquele que Lula teve. (Págs. 1 e A20)

Editoriais
Leia “Cardápio tributário”, sobre a proposta do governo de reforma para os impostos, e “Metrô sob suspeita”, acerca da construção da linha 5-lilás. (Págs. 1 e A2)

zp8497586rq
Comentários