Folha Online – Com balas de borracha e bombas de efeito moral, a Polícia Militar perseguiu por 3 km cerca de 700 manifestantes da...

Folha Online –

Com balas de borracha e bombas de efeito moral, a Polícia Militar perseguiu por 3 km cerca de 700 manifestantes da Marcha da Maconha ontem à tarde em São Paulo.

Durante a cobertura do protesto, o repórter da TV Folha Félix Lima foi agredido e teve seu equipamento danificado pela Guarda Civil Metropolitana.

Apesar de estar identificado com crachá, Lima recebeu um jato de spray de pimenta em seu rosto e na lente do equipamento.

buy levitra online

A avenida Paulista e a rua da Consolação foram tomadas pelos manifestantes, pela PM e pela fumaça das bombas, que irrita os olhos e faz arder pele e garganta.

Seis pessoas foram detidas e ao menos duas se feriram. Os detidos foram liberados no início da noite.

A marcha estava proibida por ordem judicial, dada anteontem.

A PM atribuía a ação à necessidade de cumprir ordem judicial. Oficialmente, a corporação disse que a reação se deveu à iminência de briga entre manifestantes e “skinheads”.

Clique aqui para ler a íntegra no site da Folha

zp8497586rq
Comentários