Com informações do Estadão. A direção da Fundação Sarney se insurgiu contra o Ministério Público Estadual do Maranhão depois que o órgão revelou que...

Com informações do Estadão.

A direção da Fundação Sarney se insurgiu contra o Ministério Público Estadual do Maranhão depois que o órgão revelou que a administração da entidade vai passar por intervenção da promotoria.

Em nota, o advogado José Carlos Sousa Silva se apresenta como presidente em exercício da Fundação e reclama que o Ministério Público reprovou as contas sem dar direito de defesa.

Com sede em São Luís, no Maranhão, a fundação que leva o nome do presidente do Senado, José Sarney, teve as contas de 2004 a 2007 reprovadas. Uma auditoria realizada pelo MP constatou diversas irregularidades, entre elas o desvio de verba da Petrobras destinada a projetos culturais.

A intervenção no local deve ocorrer até meados de agosto.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *