Afastados dois PMs por abuso durante a Marcha da Maconha em SP

Folha Online –

Dois policiais militares foram afastados ontem (25) sob suspeita de terem cometido abusos na confusão ocorrida durante a Marcha da Maconha, no último fim de semana, no centro de São Paulo. A polícia usou balas de borracha e bombas de efeito moral contra manifestantes.

Apesar do afastamento, a Polícia Militar não informou detalhes sobre os PMs punidos. Além da corporação, a GCM (Guarda Civil Metropolitana) também investiga o possível abuso dura

nte a marcha. Seis pessoas foram detidas na ocasião e, mais tarde, liberadas.

Imagens da TV Folha mostram a violência da polícia. Um repórter foi atingido por jatos de spray de pimenta por um PM e por uma agente da Guarda Civil Metropolitana. A agente da GCM ainda atacou o repórter –que portava crachá– com um golpe de cassetete.

A PM atribuiu a reação à necessidade de cumprir ordem judicial, dada na sexta, que proibiu o ato. Sem poder fazer alusão à maconha, os manifestantes saíram em passeata em nome da “liberdade de expressão”.

Clique aqui para ler a íntegra no site da Folha

zp8497586rq
Comentários