‘Jornalista não é inimigo’, defende presidente do STF

Agência Estado –

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cezar Peluso, abriu nesta sexta-feira, 27, o Fórum Internacional Liberdade de Imprensa e Poder Judiciário dizendo que a imprensa é um dos pilares do Estado Democrático de Direito e que “jornalista não é inimigo”.

“Ao lado de outros institutos, como eleições livres, a independência do Judiciário, o império da lei e a separação dos Poderes, a imprensa é um dos pilares do Estado Democrático de Direito”, afirmou.

Reunidos durante toda a sexta-feira na sede do STF, em Brasília, ministros, juristas e jornalistas debateram assuntos de interesses da liberd

ade de expressão, como a necessidade ou não de uma nova Lei de Imprensa, e decisões judiciais que ainda hoje impõem restrições à comunicação.

A censura ao jornal O Estado de S.Paulo foi citada por palestrantes brasileiros e estrangeiros que participaram do evento. Em julho de 2009, o jornal foi proibido por um desembargador do Distrito Federal de divulgar informações sobre uma investigação envolvendo a família do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP).

“A censura judicial que (o jornal) sofre há quase dois anos representa, sem dúvida, uma mancha negra da imprensa na história do Brasil”, disse o diretor executivo da Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP), Julio Muñoz.

Clique aqui para ler a íntegra no site do Estadão

zp8497586rq
Comentários

One thought on “‘Jornalista não é inimigo’, defende presidente do STF

  1. O jornalista, o escritor, o policial, o médico, o advogado etc. não são inimigos da população. Aliás, o ser humano nasceu para ser cordato, amigo. Conviver em paz, em harmonia.
    "O homem é bom por natureza. É a sociedade que o corrompe."
    O que vem ocorrendo com os jornalistas brasileiros – na sua grande maioria – é que se deixaram "corromper" pelos patrões.
    São raros os que dizem não. Os que não aceitaram o cabresto pularam fora e graças a Deus estão muito bem empregados e ganhando seus dinheiro honestamente.
    E com uma diferença; estão libertos. Podem encarar o espelho. Podem olhar para os filhos e a esposa de peito erguido.
    Os fracos, os medrosos, os covardes continuam se submetendo.
    São esses os inimigos. Eles existem e estão empregados na velha e carcomida imprensa brasileira.
    Portanto, senhor Ministro dependendo do jornalista ele é sim inimigo. Do povo e do país. Ele só é amigo do dinheiro dele.

Comments are closed.