<img class="aligncenter size-full wp-image-5028" src="http://www.pannunzio.com.br/wp-content/uploads/o-globo-logo-principal1.jpg" alt="" width=" buy cheap viagra 150″ height=”29″ /> Já sem apoio do PT, Palocci promete explicação pública Dirigentes do...

<img class="aligncenter size-full wp-image-5028" src="http://www.pannunzio.com.br/wp-content/uploads/o-globo-logo-principal1.jpg" alt="" width="

buy cheap viagra

150″ height=”29″ />

Já sem apoio do PT, Palocci promete explicação pública
Dirigentes do partido pedem saída do ministro e articulam substituição

Reunida ontem, a Executiva Nacional do PT não deu qualquer declaração de apoio ao ministro Antonio Palocci (Casa Civil) e decidiu esperar uma explicação pública dele sobre o aumento de seu patrimônio quando era deputado federal e coordenador da campanha presidencial de Dilma Rousseff. Dirigentes chegaram a anunciar que o PT divulgaria resolução deixando claro que a crise que envolvia Palocci é uma questão do governo, e não do partido. Mas o Palácio do Planalto interveio, evitando o documento. A operação do Planalto não conseguiu impedir, porém, que quatro dirigentes do PT defendessem a saída imediata do ministro. O secretário-geral da Presidência, Gilberto Carvalho, admitiu que a situação é delicada e eu Dilma pediu explicações ao ministro, o que pode ocorrer hoje. Reservadamente, petistas já falam em nomes para substituir Palocci. (Págs. 1, 3 e 4)

PMDB exibe Lula, não Dilma
Em meio à primeira grande crise política do governo Dilma Rousseff, o programa do PMDB na TV, exibido ontem à noite, teve o ex-presidente Lula como estrela. Segundo o partido, ele aceitou gravar uma participação, mas Dilma teria recusado o convite, alegando empecilhos jurídicos. (Págs. 1 e 9)

Mais um morto, de novo em Eldorado do Carajás
O agricultor Marcos Gomes da Silva foi executado a tiros numa emboscada, ontem, em Eldorado do Carajás, palco do massacre de 19 sem-terra no Sudeste do Pará, em 1996. Marcos é a quinta vítima da onda de assassinatos no campo. Apesar de a polícia descartar ligação com a questão agrária, a Pastoral da Terra diz que é cedo para conclusões. O governo decidiu usar as Forças Armadas nas áreas de conflito. (Págs. 1, 12 e 13)

Na Serra, parece que foi ontem
Pouco mudou na região afetada pela tragédia de janeiro

Cinco meses após a tragédia que deixou 916 mortos na Região Serrana, o tempo não passou. O Globo revisitou as regiões mais atingidas e encontrou os mesmos cenários de destruição, ainda com pedras, escombros e carros retorcidos, além de moradores vivendo em casas soterradas até a metade. Muitos dizem não ter recebido qualquer ajuda do poder pública. (Págs. 1, 17 e 18)

Belo Monte: técnicos deram alerta ao Ibama
Onze das 40 exigências do Ibama para conceder a licença de Belo Monte não foram cumpridas, alertaram técnicos do órgão. Anteontem, a direção do Ibama deu sinal verde à usina. (Págs. 1, 29 e 30)

‘NYT’ tem pela 1ª vez mulher no comando
Jil Abramson, de 57 anos, será a nova chefe do “Nyw York Times”, no lugar de Bill Keller, de 62 anos. Ela terá a missão de fazer o jornal avançar num mundo em que crescem a internet e as redes sociais. (Págs. 1 e 34)

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *