Palocci cai e Dilma põe senadora na Casa Civil Presidente decide encerrar a crise que envolveu um dos principais colaboradores do governo e escolhe...

Palocci cai e Dilma põe senadora na Casa Civil
Presidente decide encerrar a crise que envolveu um dos principais colaboradores do governo e escolhe Gleisi Hoffmann (PT-PR) a fim de impor um caráter mais técnico à pasta. “Assumo para cuidar da gestão”, anunciou a nova ministra. Luiz Sérgio, da articulação política, está ameaçado no cargo.
No início da noite de ontem, Antonio Palocci anunciou a sua saída do governo de Dilma Rousseff. Segundo nota oficial, ele deixou o cargo de ministro-chefe da Casa Civil por considerar que “a continuidade do embate político poderia prejudicar suas atribuições no governo”. Palocci ainda tentou se manter no posto ao longo do dia, mas uma conversa com a presidente no Palácio do Planalto no fim da tarde selou o seu destino. Ao convidar a senadora petista Gleisi Hoffmann, mulher do ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, e conhecida pela experiência em gestão pública, Dilma começa a desenhar o novo modelo de articulação política. A saída do ministro Luiz Sérgio, das Relações Institucionais, é dada como certa. (Pág. 1)

STJ anula toda a Operação Satiagraha (Págs. 1 e 5)

Cassação de Jaqueline é a tendência
Oito dos 15 membros do Conselho de Ética da Câmara sinalizam apoio ao relatório que pedirá hoje pena máxima à deputada Jaqueline Roriz, flagrada em vídeo recebendo dinheiro de Durval Barbosa. (Págs. 1, 21 e 22)

Sem diálogo, greve castiga passageiros
O movimento, que retira de circulação 30% da frota em horários de pico, continua, mas não há negociação entre empresas e rodoviários. (Págs. 1 e 26)

Servidores iniciam onda de greves (Págs. 1, 9 e 10)

UnB testa mudanças no vestibular (Págs. 1 e 28)

Vulcão fecha os céus do Mercosul
Erupção nos Andes lança cinzas no ar, prejudicando voos entre Brasil, Argentina, Uruguai, Chile e Paraguai. (Págs. 1 e 17)

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *