Dilma demitiu Palocci na hora certa, diz Lula O ex-presidente Lula disse ontem que Dilma Rousseff “tem autoridade” e agiu “no momento certo” ao...

Dilma demitiu Palocci na hora certa, diz Lula
O ex-presidente Lula disse ontem que Dilma Rousseff “tem autoridade” e agiu “no momento certo” ao demitir Antonio Palocci da Casa Civil. Ele, que evitou falar do caso em público, atuou nos bastidores e negociou a demissão com a presidente.

A declaração de Lula contradiz a versão oficial de que Palocci decidiu abrir mão do cargo para proteger Dilma. O ex-ministro entregou carta de renúncia e disse, em sua despedida, que saia para preservar o diálogo do governo com a sociedade.
Na posse de Gleisi Hoffmann na Casa Civil, a presidente lamentou a saída do “amigo”, “parceiro de lutas” e “artífice da jornada vitoriosa que a elegeu”. Disse ainda que o governo “jamais ficará paralisado diante de embates políticos”.
Elogiada por Dilma por seu perfil técnico, Gleisi prometeu à oposição “convivência respeitosa” e afagou PMDB e PT, que já disputam cargos no Planalto. (Págs. 1 e Poder)

Carlos Heitor Cony
Palocci repetiu a ex-braço direito Erenice Guerra em escala maior. (Págs. 1 e Opinião A2)

STF decide e italiano Cesare Battisti é solto
Na quinta vez em que debateu o caso de Cesare Battisti em seu plenário, o STF validou a decisão do ex-presidente Lula de negar a extradição e determinou a soltura do italiano. Battisti saiu da prisão da Papuda (DF) por volta da meia-noite.
Battisti integrou grupo que atuou na Itália nos anos 70. Foi condenado à prisão perpétua por quatro mortes. Ele nega a autoria dos crimes. Para o ministro Luiz Fux, a Itália deveria levar o caso a tribunais internacionais, não ao STF. (Págs. 1 e Poder A11)

Foto legenda: O italiano Cesare Battisti, que estava preso desde 2007, acena para fotógrafos ao deixar a penitenciária da Papuda (DF)

BC aumenta taxa básica de juros em 0,25 ponto
O Comitê de Política Monetária do Banco Central decidiu elevar a Selic, taxa básica de juros, que funciona como referência para toda a economia, para 12,25% ao ano, elevação de 0,25 ponto.
Segundo o BC, o ritmo de desaceleração da economia e os efeitos na inflação ainda são incertos. (Págs. 1 e Poder A10)

Voo desviado de Congonhas ira para longe de SP
A Infraero proibiu, por falta de vagas no pátio, o desvio de voos para o aeroporto de Cumbica, em Guarulhos (SP), das 7h30 às 11h30 e das 18h30 às 22h30.
Nesses horários, as opções a Congonhas serão aeroportos em Campinas, Minas e Rio. (Págs. 1 e Cotidiano Cl e C3)

Vendaval deixa paulistano sem luz por mais de 24h
Além de ficarem sem luz por mais de 24 horas, moradores de nove municípios e de bairros de São Paulo tiveram a água cortada pela falta de energia na Sabesp. De acordo com a Eletropaulo, “80% das ocorrências” foram resolvidas. (Págs. 1 e Cotidiano C4)

Foto legenda: Funcionária de mercado na zona norte de São Paulo repõe produtos depois da falta de luz

Relator do Cade pede veto à fusão Sadia-Perdigão (Págs. 1 e Mercado)

Editoriais
Leia “Articulação precária”, sobre a situação política do governo, e
“Os limites da miséria”, acerca de programa de erradicação da pobreza extrema. (Págs. 1 e Opinião A2)

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *