Dilma quer manter sigilo eterno para documentos Sarney e Collor reivindicam e governo vai mudar projeto que trata de acesso a informações públicas A...

Dilma quer manter sigilo eterno para documentos
Sarney e Collor reivindicam e governo vai mudar projeto que trata de acesso a informações públicas

A presidente Dilma Rousseff vai patrocinar uma mudança no projeto que trata da lei de acesso a informações públicas, de modo a manter a possibilidade de sigilo eterno para documentos oficiais. Segundo a ministra Ideli Salvatti (Relações Institucionais), o governo vai atender à reivindicação dos ex-presidentes Fernando Collor (PTB-AL) e José Sarney (PMDB-AP), da base aliada no Senado. A proposta tem como fundamento o projeto encaminhado em 2009 pelo então presidente Lula e modificado na Câmara para limitar a apenas uma vez a possibilidade de renovação do sigilo – com isso, documentos ultrassecretos seriam divulgados no máximo 50 anos após sua elaboração. É essa limitação que se pretende derrubar agora. (Págs. 1 e Nacional A4)

Carlos Fico
Historiador
“Será um retrocesso do ponto de vista político e da própria palavra de Dilma”

Estudo desaconselha licitações em energia
Estudo em análise no Ministério de Minas e Energia mostra que a renovação das concessões do setor elétrico, a partir de 2015, é mais vantajosa que a realização de novas licitações. Uma das vantagens dessa opção, segundo o documento, seria a redução das tarifas de eletricidade. O governo, no entanto, teria de alterar a lei que impede prorrogações de contratos. As empresas que detêm as concessões querem a renovação, mas pedem garantias de que não terão de reduzir as tarifas de forma drástica. (Págs. 1 e Economia B1)

essay writer service

Foto legenda: 5 mil sírios já se refugiam na Turquia
Mulher síria com crianças em campo na Turquia, onde mais de 5 mil sírios já procuraram refúgio; forças leais ao ditador da Síria, Bashar Assad, atacaram ontem a cidade de Jisr al-Shughour, cujos 50 mil habitantes haviam fugido. (Págs. 1 e International A10)

Passeata pelos bombeiros reúne 27 mil
Uma multidão participou de passeata em favor dos bombeiros, no Rio. A categoria pede aumento do piso salarial de R$ 950 para R$ 2 mil e anistia dos bombeiros que ocuparam o QG da corporação. (Págs. 1 e Cidades C3)

Finanças Pessoais
Saiba quais produtos reembolsam ICMS (Págs. 1 e B10)

Premiê turco vence, mas terá de buscar alianças (Págs. 1 e Internacional A9)

Presídio para chefões recebe ladrão de bicicleta (Págs. 1 e Cidades C1)

Disputa entre fabricantes define futuro da TV 3D (Págs. 1 e Economia B12)

José Roberto de Toledo: Distribuir x dividir
A criação de novos Estados beneficia apenas a pequena elite política que administra os recursos públicos. Concentra em vez de distribuir. (Págs. 1 e Nacional A6)

Notas & Informações: Freios suaves na economia
É importante avaliar se as medidas adotadas serão suficientes para conter a inflação. (Págs. 1 e A3)

zp8497586rq
Comentários