O senador Antonio Carlos Valadares (PSB-SE) oficializou hoje a renúncia à vaga de titular no Conselho de Ética da Casa. O documento foi encaminhado...

O senador Antonio Carlos Valadares (PSB-SE) oficializou hoje a renúncia à vaga de titular no Conselho de Ética da Casa. O documento foi encaminhado à secretaria-geral da Mesa Diretora.

Valadares estava entre os cotados para presidir o colegiado, mas foi surpreendido com a manobra do PMDB, que acabou colocando no cargo o octogenário Paulo Duque (PMDB-RJ), uma espécie de soldado de Renan Calheiros e de todo o partido.

Outro parlamentar que também pediu para sair do Conselho foi João Ribeiro (PR-TO). Delcídio Amaral (PT-MS) e Ideli Salvatti (PT-SC) devem ocupar as vagas deixadas.

O colegiado volta a se reunir nesta quarta-feira, às dez da manhã.

Nesse dia, Paulo Duque deve definir se acata ou não as reclamações feitas contra o colega e presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP). Ao todo, foram protocoladas cinco representações (duas do PSOL e três do PSDB) e seis denúncias (quatro apresentadas pelo líder tucano Arthur Virgílio, e outras duas por ele e pelo pedetista Cristovam Buarque) contra o peemedebista.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *