Paulo Henrique Amorim, blogueiro autoproclamado progressista e apresentador da TV do bispo Edir Macedo,  teve lucro com suas injúrias racistas. No blog dele está...

Paulo Henrique Amorim, blogueiro autoproclamado progressista e apresentador da TV do bispo Edir Macedo,  teve lucro com suas injúrias racistas. No blog dele está estampada a manchete “Heraldo aumenta a audiência do CAf em 42%“. O blogueiro “progressista” se ufana de sua obra: “Tem publicidade melhor do que essa?”

Para o caso dele, não deve haver.

Se o que PHA queria era ficar estigmatizado como o último racista assumido da imprensa brasileira,  conseguiu. Se seu objetivo era a auto-desmoralização, ele conseguiu. Se o objetivo era sanar dúvidas sobre seu caráter, também conseguiu. E, no fim das contas, ainda saiu lucrando 42%.

Não foram poucas tentativas de produzir esse resultado. Ele já havia lançado mão do jargão racista quando chamou Paulo Preto de “Paulo Afro-Desencente”. Heraldo foi a segunda vítima do estratagema.

PHA já havia pedido perdão a Bóris Casoy numa situação humilhante — e, da mesma forma, zombou do acordo assinado às pressas para evitar uma condenação. O arauto da nova censura, chamada agora de Ley de Medios, desconhece o Código Civil e o Código Penal. E faz troça do que ele mesmo propôs e acordou em juízo.

Nos delírios veiculados em seu Der Angriff eletrônico, PHA não tem o menor constrangimento de inventar e repetir inverdades  escancaradas — com aquela em que afirmou que Heraldo havia dito que ele não é racista (se não leu, clique aqui e aumente o lucro do blogueiro). Na Ata de Sentença que encerrou esse capítulo do caso, é ele quem declara que foi “infeliz” ao usar a expressão negro de alma branca, e que não teve intenções racistas. O ofendido jamais declarou a ninguém que PHA não é racista. Até porque ele não pensa assim.

Se PHA é ou não racista  quem vai decidir é a Quinta Vara Criminal do DF. É onde tramita o processo crime aberto pelo Ministério Público para apurar e punir as mesmas ofensas. Condenado, Paulo Henrique, que se gaba de figurar como réu em mais 40 processos, pode pegar de dois a cinco anos de reclusão. Se vai ou não para a cadeia é outra história. Mas, nessas circunstâncias, perder a condição de réu primário seria desastroso para ele.

Enquanto contabiliza o lucro de seu retumbante sucesso de audiência na internet, PHA certamente não considera o passivo que só faz aumentar no capital volátil de sua desgastada reputação. Jornalistas, salvo algumas exceções indecentes, vivem do que apuram e publicam. Vivem, enfim, de sua capacidade de informar de maneira correta e honesta. Nesse caso, a deplorável atuação do blogueiro pôs a nu um profissional que, na ausência de fatos, inventa; na ausência de argumentos, injuria;  quando faltam palavras para injuriar, recorre ao jargão abjeto dos racistas. Para arrematar, ainda tem a coragem e a cara de pau de alardear que lucrou com o episódio. Faça-me o favor!

Tudo isso, é bom lembrar,começou com  uma notícia falsa que PHA e seus três pupilos espalharam pela internet. PHA queria atacar Daniel Dantas. Para isso, atacou Gilmar Mendes, que duas vez tirou o banqueiro da prisão. Para atingir Gilmar Mendes, decidiu tripudiar sobre a honra, a dignidade profissional e a raça de Heraldo, que não tinha nem nunca teve nada a ver com a história.

Se você quiser conhecer a gênese dessa história, leia dois posts publicados aqui no Blog do Pannunzio em maio de 2009, quando tudo começou. O primeiro está aqui e o segundo, aqui.

Comentários

  • Vicente

    04/03/2012 #1 Author

    Caro Panunzio…Você está equivocado! Ele fez um acordo e você sabe disso!

    Responder

    • Fábio Pannunzio

      04/03/2012 #2 Author

      Eu sempre disse que ele fez um acordo. Eu jamais afirmei que ele foi “condenado” no caso do Heraldo. Um acordo no qual admite que foi infeliz ao usar seu jargão racista. Em que chama Heraldo de jornalista ético, funcionário destacado da Rede Globo. Mas isso ele põe em letras pequenas depois de comentários disparatados em negrito vociferando insanidades como “retração não é reconhecimento de culpa”. Então, o que é ?
      Agora vou dizer com todas as letras: Paulo Henrique foi condenado por injúria racial, sim. No caso Paulo Preto. Vou produzir um post para esclarecer isso para vocês, que insistem em legitimar um comentário maldoso e racista, feito com o único propósito de alimentar a sanha dele pela Globo. Quem se associa ao racismo, racista é. Vocês deveriam encontrar um guru de melhor situação judicial. E raciocinar, poque pensar e refletir não faz mal a ninguém.

  • Al White

    03/03/2012 #3 Author

    O PHA devia era atacar este hospital em Brazília que gosta de chacinar servidores públicos, negros inclusive. http://www.jornalpequeno.com.br/2012/2/15/hospital-tem-2a-morte-investigada-187452.htm

    Responder

  • Cássio

    02/03/2012 #4 Author

    O PHA fez uma declaração racista por definição: atribuiu à cor da pele do Heraldo um comportamento necessário que não seria requerido se ele não fosse negro. Além do mais, essa declaração é ofensiva a quem tem pele clara também, ou a alma de um branco é necessariamente opressora e ruim? Falou que oprimir é coisa de branco. Seria o quê se ele tivesse dito que “roubar é coisa de preto” ?

    Sobre as cotas, pra não perder o embalo. Essa política também é essencial e inescapavelmente racista, uma vez que determina como critério de desempate entre duas pessoas exclusivamente a cor da pele. Indivíduo A tirou a nota até maior que B, mas não vai ser selecionado porque é branco, enquanto B é negro, não importando nem se o comportamento de A tenha sido em toda a sua vida até então irrepreensível. Mas ele tinha cor da pele errada, por isso sua oportunidade lhe vai ser tirada… Um absurdo fazer justiça praticando uma tremenda injustiça contra indivíduos de carne e osso.

    A cotas são erradas sob vários outros ângulos. Contra o argumento da reparação histórica, uso o argumento perfeito do professor (negro) Walter Williams: é um absurdo exigir que A cobre de B o que C fez contra D.

    Como refutar isso, só distorcendo muito a verdade.

    Responder

    • Matheus Moretti Rangel

      03/03/2012 #5 Author

      A expressão “Negro de Alma Branca” não é de maneira alguma racista. Segundo palavras de próprio PHA: “NEGRO DE ALMA BRANCA PODE SER AQUELE QUE NÃO ASSUME A SUA PRÓPRIA CONDIÇÃO DE NEGRO PARA COMBATER O RACISMO E O PRECONCEITO CONTRA O NEGRO. CONTRA ELE, CONTRA A MÃE, O PAI, OS IRMÃOS. É O NEGRO QUE OLHA PARA OUTRO LADO. QUE FINGE QUE NÃO VÊ. ACHA QUE NÃO É COM ELE.” Cornell West, professor de Harvard e Princeton, também usou a expressão para criticar Obama, que, segundo ele, se vendeu à Wall Street. E não foi processado.
      Quanto a seu infeliz pensamento sobre o brilhante sistema de cotas, me ponho em dúvida se você está ressentido por ter estudado a vida toda em colégio particular e não aceita que estude em uma universidade federal ao lado de um negro. Sei como são pessoas com esse infeliz pensamento, conheço várias. O Brasil tem uma dívida eterna com os negros. Na época da escravidão não tinham esse pensamento de carne e osso, não. Quem era negro estava (infelizmente) fadado a ser mercadoria. A ser castigado.
      Além disso, perdoe-me não ter as porcentagens, mas é provado por institutos de pesquisa que maioria absoluta de pessoas na linha de pobreza são negras. E, talvez te incomode, mas as universidades federais tem que ser para todos. E por favor não me venha com aquele velho comentário (ridículo) que diz que as cotas dizem que os negros são menos inteligentes. Não. Isso é uma inverdade. As cotas só dizem (e com justiça) que os negros AINDA tem menos oportunidades.
      Espero que esse seu ressentimento passe, e que deixe de ter essa mente fechada, influenciada por pseudo-intelectuais e pseudo-jornalistas (não preciso citar nomes, todos sabemos quem são).

  • Cil

    01/03/2012 #6 Author

    Não comungo da sua simpatia pela “faxina” e a tal “herança maldita”, afinal a presidente era do governo do antecessor, que a considerava seu braço direito e mãe disso e daquilo, o que ela poderia ter usado para fazer a “faxina” antes. Sem contar que ela de fato nomeou os que depois SE DEMITIRAM por “corrupção” ao invés de serem faxinados por iniciativa própria. Entretanto, é de fato um belo texto sobre o modus operandi de PHA.

    Responder

    • Fábio Pannunzio

      01/03/2012 #7 Author

      Muito obrigado, Cil. Pode discordar de mim à vontade. O importante é a contradita, o debate respeitoso, que infelizmente não é possível em alguns outros blogs. Origado també pelo elogio ao texto.

  • rober

    29/02/2012 #8 Author

    Reinaldo Azevedo nessa história? Até tu Pannunzio?

    Responder

  • Jacinto

    29/02/2012 #9 Author

    Eu tenho um percurso mental muito simples para saber se uma afirmação é discriminatória ou não, que é inverter a ordem do sujeito e do adjetivo.

    O Paulo Henrique Amorim disse (ou escreveu):

    “NEGRO DE ALMA BRANCA”

    Invertendo dá:

    Branco de alma negra.

    Há alguma dúvida de que é discriminação racial?

    Responder

  • João

    29/02/2012 #10 Author

    Talvez PHA não seja racista. Porém, ele utilizou uma expressão indiscutivelmente racista para atacar outro jornalista. É inútil negar algo tão evidente.
    PHA poderia ter usado outros termos ou argumentos para defender sua opinião em relação ao trabalho do jornalista da Globo. Mas preferiu partir para uma agressão preconceituosa. Por mais que tente, agora, com ajuda de outros blogueiros do JEG, dar a volta por cima, ele cometeu um crime e está pagando por isto.

    Responder

  • Eliana / Juiz de Fora – MG

    29/02/2012 #11 Author

    Fábio,
    Não concordo com sua análise.
    Em momento algum PHA foi racista.
    Será pq ele está incomodando tanto?
    Será pq ele faz uma análise critica, ácida dos grandes conglomerados da mídia?

    Responder

    • Fábio Pannunzio

      29/02/2012 #12 Author

      Incomoda quando agride com mentiras e injuria com o que estiver ao alcance de sua verborragia. Tirando isso, náo tenho nada contra ele. Ele, aliás, ganha a vida num grande conglomerado de mídia. Ou a Record náo faz mais parte da velha mídia ?

  • Vinícius Jadyr

    29/02/2012 #13 Author

    Sr. Panuzzio,
    Este post é para elogiar o excelente artigo e, ao mesmo tempo, manifestar minha estranheza sobre o silêncio das entidades de defesa dos direitos dos negros no país, em relação ao assunto .
    Saúde e paz.

    Responder

    • Bruno

      01/03/2012 #14 Author

      O que mais teve, foi carta de ativista negro defendendo a afirmação do PHA. Digo isto para quem perguntou “onde estão os manifestos das entidades de defesa dos direitos dos negros”. Aqui vai um link: http://www.blogcidadania.com.br/2012/02/liderancas-de-movimentos-negros-apoiam-paulo-henrique-amorim/

      Estas opiniões contam, ou será que quem sabe mesmo o que é sofrer o racismo é o Pannunzio? Ou o patrão do Heraldo, o Ali Kamel?

      Desculpe, Fabio, mas esse seu texto parece bastante exagerado e rancoroso. Mesmo que você negue, parece coisa pessoal… Dos tempos de ambos na Bandeirantes?

      PS. É gentileza sua, dizer que apenas uns poucos jornalistas são da pior laia. Nossa grande imprensa está cheia deles.

    • Fábio Pannunzio

      01/03/2012 #15 Author

      Eu nunca trabalhei com o PH em lugar nenhum. Não tem nenhum ressentimento nem é pessoal. Eu critico um comportamento público reprovável. Não é difícil entender o porquê.

  • mts

    29/02/2012 #16 Author

    So um adendo.
    Lulla foi batizado sapo barbudo por Brizola.
    Lulla nao eh ridicularizado por comer criancinha, embora digam que fazia algo parecido com o garoto do MEP.

    Lulla , dizem, eh o pai da corrupcao e mae dos mensaleiros.

    Dizem que lulla tem aversao ao estudo, e fazia apologia `a ignorancia.
    Nao se esconda atras de mentiras, dizendo que Lulla era atacado por ser nordestino e operario.
    Primeiro, pq Jarbas Vasconcellos é nordestino, assim como milhoes de outros, e teria a rejeicao de todos os eleitores de lulla. So pq jarbas eh honesto e competente.

    Segundo..lulla nao eh operario. Lulla foi. Ha 40 anos lulla eh um cara que vive de concorrer a presidencia. Tem um filho tornado milionario em seu governo.

    MAS QUE PHA FALOU “NEGRO DE ALMA BRANCA” , FALOU!
    Que feio isso. E ainda tem gente que apoia. Ate delfim neto seria defendido pelo canabis, se fosse atacado. Basta ele ser da base oportunista dos Mensaleiros, que merece uma defesa apaixonada do canabis.

    Responder

  • mts

    29/02/2012 #17 Author

    hehehe..o sr herivelton canales e´o resumo do que ele diz nao existir.

    E´um esquerdista, que se acha acima do bem e do mal, que tolera frases como as de PHA , se dita por aliados.
    Sua ética é movel. Apoia ditadores quando lhe convém. Apoia ditaduras qdo lhe convém. Mas no brasil, apoia os que em nome da pretensa luta contra a ditadura, ganham milhoes em indenizacoes com dinheiro publico.

    Usam o combate a ditadura para justificar todos os crimes desses petistas e afins.

    E para variar, foge do merito da questao.

    PHA falou mesmo “NEGRO DE ALMA BRANCA”?
    Se falou, isso é condenavel?
    O que o tal herivelton canabis tem a dizer sobre isso? Foi criacao da imprensa? Se dito por alguem nao chapa branca, ele iria esperenear histericamente, acusando tal pessoa de racista? Racismo eh so quando eh do lado que ele nao esta?

    Essa gente eh lamentavel. Sao pateticos.

    Responder

  • Ailton Lopez Moreira

    29/02/2012 #18 Author

    Prezado. Registro aqui meus parabéns pela lucidez, ótimo texto e pela clareza de ideias, num momento em que tudo em gira de propaganda, a maioria falsa. Meu falecido pai me disse uma frase quando eu era bem pequeno: “Filho, cuidado, a ignorância é burra”. É isso, o cara xinga, é condenado pela justiça e sai bravateando por aí. Tá tudo de cabeça pra baixo mesmo.

    Responder

  • Herivelto Canales

    29/02/2012 #19 Author

    Não venha com essa não. Essas falácias só cai quem é estúpido sr. Pannunzio. O problema não é o sr. Paulo Henrique Amorin, o problema são vocês desta mídia arcaica. Pessoas que,, em minha opinião, não passam de cabos eleitorais do PSDB (ou do partido que vos interessa), disfarçados de jornalistas. Já conheço bem profissionais do seu tipo: do tipo que confunde a cabeça dos leitores incautos ou simplesmente os puxa-sacos que possivelmente te rodeiam, ganhando admiração por textos falaciosos como este. Primeiro, conheço a história política e dos meios de comunicações. Paulo Henrique Amorin, em comparação a vocês, é um heroi nacional, meus caros. Vocês, em minha opinião, estão fadados ao fracasso. A não ser que tenha jovens ingênuo o suficiente para cair nessa.
    Essas palavaras-chace, do tipo: esquerdopata, blogueiros auto-progressistas, etc, saiu da mesma cartilha que quis desmoralizar o Tiririca como Analfabeto, o Lula como sapo barbudo, comedor de criancinhas e também toda a sujeira que vocês (desta mídia podre), fizeram e ainda fazem com a nossa presidentA Dilma, quando quiseram desmoraliza-la na campanha passada com estes esteriótipos de aborteira, guerrilheira, etc Vocês ajudam a aliemntar o ódio o rancor e tudo que há de pior no ser humano, só para manter a mamata dos grandões. Vocês vão se f… Dias de políticos e cabos eleitorais metidos a jornalistas, como vocês, estão acabando.

    Responder

    • Fábio Pannunzio

      29/02/2012 #20 Author

      Escuta aqui, meu caro leitor. Eu gosto bastante da Dilma Rousseff. Tenho visto com ótimos olhos a faxina na herança maldita que ela recebeu do Lula. Acho a presidente muito acima da média histórica do Brasil. Isso não torna seu governo imune a críticas. Vamos aos fatos.
      Quem chamou o Lula de Sapo Barbudo foi o Leonel Brizola, fundador do PDT, um dos partidos da base aliada.
      Não sei o que significa “esquerdopata”.
      É a primiera vez que eu escrevo essa palavra — ainda que apenas para reproduzi-la a partir da sua menção. Blogueiro auto-progressista, realmente não sei o que é isso. Deve ser alguma oposição a retro-progressista, proto-regressista ou coisa que o valha. De qualquer maneira, para mim isso não diz nada. Julgo apenas não me enquadrar em nenhuma dessas estranhas categorias.
      Não sei quem são os “vocês” a quem o senhor se refere como cabos eleitorais. Ao que me parece, há sim uma meia dúzia de blogueiros, todos eles empregados da “velha mídia”, que se dispõem a todo tipo de engodo para injuriar jornalistas mais sérios que não são funcionários do governo. A propósito, eu não vou me f… não. Agradeço sua preocupação e aproveito para sugerir que o sr. consulte um psiquiatra. Talvez ele tenha a solução para esse delírios paranóicos que assaltam sua mente.

    • Herivelto Canales

      29/02/2012 #21 Author

      Sr. Pannunzio, desculpe mas não me interessa quem “esteriotipou” quem. O sr. sabe muito bem que quando PHA chamou Heraldo Pereira de “negro de alma branca” não houve racismo nenhum. Seu papel como jornalista é mostrar a verdade. Digo, a verdade de todos e para todos. E não a sua verdade. Em qual mundo o sr. vive?
      Fã de Dilma? Ho ho ho, papai Noel existe!
      Vocês já estão se ferrando. Estão perdendo leitores, porque o trabalho de vocês é um trabalho atrelado à politicagem e sua resposta mostra exatamente quais seus intuitos. Confundir e criar intrigas (que em minha opinião não é coisa de jornalista e sim de troleiro), além de tentar me diminuir em relação aos meus conhecimentos. Nem toquei em assunto de que inventou as frases, só disse que é da mesma cartilha da qual o sr. deu sua resposta.
      “Delírios paranóicos que assaltam minha mente” ?
      Faça-me o favor.
      Século XXI chamando! Século XXI chamando!

    • Jacinto

      29/02/2012 #22 Author

      Inverta a ordem, meu caro, inverta a ordem.

      “Negro de alma branca.”

      Inverso:

      “Branco de alma negra.”

      Comece a gritar isso por ai e veja se não vão te prender pelo crime de racismo.

    • Herivelto Canales

      01/03/2012 #23 Author

      Conheço Glória Maria desde criança e olha que tenho 47 anos. Sempre vi a Glória Maria como uma negra de alma branca, quer dizer: nunca transpareceu que ela gosta de ser negra e seus jeitos sempre foram de branca. Se veste como branca, se porta como branca, se manifesta como branca. E o Heraldo Pereira ( que tb conheço há um bom tempo/pela TV), sempre me passou uma imagem de negro submetido e resignado. Nunca enxerguei de outra forma, pois eles transparecem tudo, menos a negritude de suar cor. E mais: quando eu ouvia esta frase o que me vinha à mente eram negros que se submetiam aos brancos, ou negros que, se tem alma branca, tem caráter de branco; ou negro que tem preconceito contra sua própria raça. Nunca me veio a cabeça que tivesse sido racismo entre brancos e negros e sim entre negros que se comportam como brancos e negros que se comportam como negros.

    • Fábio Pannunzio

      01/03/2012 #24 Author

      Herivelto, sempre é tempo de se atualizar e reciclar. Essa balela toda de que negro de alma branca é um elogio ou uma crítica civilizada não pode prosperar.Nem no caso do Heraldo, nem no da Gloria Maria. É desrespeitoso e preconceituoso. E não estou falando só pelas minhas convicções pessoais. Peço socorro ao Dicionário do Politicamente Correto editado pela Presidência da República em 2004, com assinatura do Lula e tudo mais. Veja o que está escrito neste verbete:

      PRETO DE ALMA BRANCA – Um dos slogans mais terríveis da ideologia do branqueamento no País, que atribui valor máximo à raça branca, e mínimo aos negros. “Apesar de ser preto, é gente boa” e “É negro, mas tem um grande coração” são variações dessa frase altamente racista, segregadora.

      Portanto, não dá pra afirmar que a expressão é defensável — nem sob a ótica do governo que ele defende de maneira tão aguerrida.
      Se quiser consultar o documento oficial, siga este link: http://www.dhnet.org.br/dados/cartilhas/a_pdf_dht/cartilha_politicamente_correto.pdf

    • mts

      01/03/2012 #25 Author

      “gloria maria se manifesta como branca”

      Pelo amor de deus.
      É como disse demetrio magnoli no artigo q escreveu sobre isso.

      Para certas pessoas, o negro não tem direito de ser livre. Ele tem obrigatoriamente que pensar de um jeito “certo” para negros.
      Ja, se fosse branco, ele teria o direito de pensar da forma que quisesse.

      Penso q o canabis, esta confundindo seu direito de discordar do que pensam muitos negros . Ele esta , sim, patrulhando e impondo a eles uma forma unica de pensar.

      E , em tempos. Sou a favor de cotas. Nao raciais, mas sociais. Nao acho q a cor da pele se imponha a necessidade de alguem, por ter vivido a margem da sociedade, por falta de condicoes materiais. Passam por necessidade, pessoas de todas as cores. Se, os negros, sao a maioria, entao, NAO POR IMPOSICAO, mas por consequencia, terao o maior numero de cotas.
      Embora, antes disso, eh preciso pensar. Ha mesmo raças?? Namorei duas mulheres cujo avo e pai tinham pele escura, , eram ambas mulheres com pele clara. Seriam consideradas negras? teriam que andar com documentos provando que seus ancestrais tinham pele escura?

      Mas confesso. Ate pouco tempo atrás eu me considerava racista. Pq eu odiava petralhas. Achava-os uma sub -raça; Mas qdo descobri que nao eram humanos, fiquei mais feliz.

    • mts

      01/03/2012 #26 Author

      o homem que apoia o mensalao, sarney, collor, que finge nao saber a relacao do pt com o crime de celso daniel, que apoia um governo que ha 9 anos bate recorde de escandalos e denuncias comprovadas de corrupcao, indignado, falando em politicagem como algo inerente a quem nao gosta do Lulla-Dilma-pt…!!!

      Hehe…esses caras fumam mais que canabis!!!

    • Herivelto Canales

      01/03/2012 #27 Author

      Por acaso tem nome?

    • mts

      01/03/2012 #28 Author

      Se eu tenho nome?
      Nao. Sou um afro descendente, nordestino, que vive nas ruas, nao conheci meus pais, nao fui batizado, uso a lan perto da cracolandia por piedade dos donos, brancos de alma negra, mas nao eh por isso que vc nao me acha no direito de opinar contra o botinha cor de rosa, eh?
      Tenho esse direito, mesmo sendo negro?

  • Jean de Ville

    29/02/2012 #29 Author

    Tentaram transforma-lo em racista o que é ridículo e uma grande injustiça , basta procurar no blog dele para ver o tanto que Paulo Henrique Amorim é contra a desigualdade social,racial e os preconceitos racias em nossa sociedade. A audiência dele aumentou por isso o povo não aceita injustiça o povo não é mais manipulado como era antigamente. O alarde feito por ele sobre a audiência do blog é para mostrar que essa tentantiva de desqualifica-lo como um racista precoceituoso, não condiz com a verdade de anos e anos em que ele defende justamente o fim dos desigualdade social e racial em nossa sociedade. Isso é público e notório e pode ser comprovado no próprio blog conversa afiada ao longo dos anos. E vale pra que não viu ainda, que procure ler a defesa que ele fez em juízo, ( está lá blog dele ) onde explica porque disse essa frase “negro de alma branca” para enteder melhor. Porque assim como Reinaldo de Azevedo explicou brilhantemente o contexto em que usou fez uso dessa frase “negro de alma branca”; Paulo Henrique também tem o mesmo direito, nada mais justo.

    Responder

    • Fábio Pannunzio

      29/02/2012 #30 Author

      Desculpe, Jean, mas não há meio de entender essa expressão a não ser como injúria racial. É contra isso que me me insurjo. Pode-se discordar civilizadamente, como você está discordando de mim e eu de você. Não é necessário descer à cor da alma de ninguém para fazer uma contradita. Nesse caso, o pior é que o efeito foi agravado pela causa. As informações que despertaram a fúria do blogueiro progressista eram mentiras publicadas por outros blogueiros progressistas.Se você quiser conhecer a gênese dessa história, leia dois posts publicados aqui no Blog do Pannunzio em maio de 2009, quando tudo começou. O primeiro está aqui e o segundo, aqui.
      Li a defesa que ele fez em juízo. Para mim, o que importa mesmo é o documento que ele assinou admitindo que foi “infeliz” (SIC) ao utilizar a expressão.
      Pra terminar, quero declarar que sinceramente não acredito que o Paulo Henrique Amorim seja racista. Há uma grande diferença entre a prática de racismo e a utilização do jargão racial para ofender alguém, como foi notório nesse caso. O que não justifica nem enaltece a biografia dele.

  • Marcelo Rocha

    29/02/2012 #31 Author

    Panunzio,
    Sou repórter no Paraná. Trabalho na RPC, afiliada da tv Globo em Curitiba. Sou seu fã há muuuuito tempo. Você é referência pra mim. Mas, confesso, não conhecia o seu blog. Cheguei depois de te ver lá no Reinaldo Azevedo. E foi uma gratíssima surpresa. Parabéns pelo texto, pela carreira, pelo talento.

    Responder

    • Fábio Pannunzio

      29/02/2012 #32 Author

      Oi, Marcelo. Muito prazer e muito obrigado pela generosidade das menções. Como você pode perceber, não está fácil ser jornalista no Brasil. Um abraço, boa sorte na sua carreira e conte comigo quando precisar.
      P.S.: p velho e bom Vilmar ainda trabalha aí em Curitiba ?

  • justo

    29/02/2012 #33 Author

    Vamos imaginar que ao invés de uma ofensa verbal, tivesse o meliante dado um soco na cara do ofendido. Após audiências, o acordo, a retratação. Ao final o meliante publicaria em seu pasquim “Eu não dei um soco na cara do fulano… o acordo que assinamos prova isto.”
    É muito cara de pau ou não é?

    Responder

  • Edno Lima

    29/02/2012 #34 Author

    Parabéns pelo texto e pelo blog.

    Responder

  • capitão

    29/02/2012 #35 Author

    Parabéns pelo seu texto.
    Assim como outros leitores, também fui remetido ao seu blog (o qual passarei a ler com frequência) pelo texto publicado pelo Reinaldo Azevedo.
    Acho que está na hora de acabar com o ranço calunioso e as mentiras que circulam e que partem de fontes que têm o rabo preso por uma cadeia de finanças ao governo ou estatais.
    O que me deixa admirado é que mais jornalistas não tenham feito comentários em seus próprios blogs a respeito do caso HP x PH como Reinaldo e você.
    Chega a ser, até, uma covardia.
    Outra coisa que espanta, de fato, é o silêncio dos movimentos que dizem defender os direitos dos negros, sempre lideranças tão combativas e agressivas, até.
    Realmente fica a questão: será que para tais ativistas o Heraldo deixou de ser visto como negro? Será que eles também endossam a estupidez da tese da alma branca?
    Creio que o que acontece neste momento comprova o que o prof. Décio Magnoli trata em seu excelente livro “Uma gota de sangue”: tais movimentos ativistas fazem um racismo ao contrário e importam os piores exemplos de ação política dos Estados Unidos. Importam e disseminam no Brasil o ódio racial, a ideia de cotas e outras coisas que mais nos dividem que unem.

    Parabéns

    Responder

  • José Carlos

    29/02/2012 #36 Author

    Sr. Pannunzio, admiro a clareza e objetividade de seus posts, assim como a forma cordial embutida em seus textos, porém sempre firme e segura.
    Não posso deixar de citar, também, a lucidez, hoje carente em vários jornalistas brasileiros, no qual Paulo Henrique Amorim é o exemplo mais vistoso.

    Responder

  • ÁLVARO JUNQUEIRA

    29/02/2012 #37 Author

    Parabéns pelo belo texto, colega. Por indicação do Reinaldo Azevedo, visito seu blog pela primeira vez e, principalmente pelas ótimas respostas dadas ao péssimo jogador de xadrez, vou me tornar freguês. Vê-se que é, de fato, um jornalista, nem PIG nem JEG, apenas bom profissional, que pesquisa, estuda e medita antes de proferir sentenças.

    Responder

  • Mario

    29/02/2012 #38 Author

    Prezado Pannunzio,

    O pior é que o Paulo Henrique Amorim recebe patrocínio dos Correios para praticar mau jornalismo. Mas quem questiona isso? Ele e outros propagandistas do governo(membros do JEG) deveriam devolver este dinheiro aos cofres da União…

    Parece-me que é o caso do MPF fazer alguma coisa, a fim de que o dinheiro seja devolvido, ou um cidadão de coragem ingressar com uma ação popular.

    Mario.

    Responder

  • mts

    29/02/2012 #39 Author

    Otimo artigo.
    Parabéns!!

    abcs!

    Responder

  • erico jp da veiga

    29/02/2012 #40 Author

    tb to chegando via granderei, hehe, e ja estou elegendo a categoria d m favoritos.
    abço

    Responder

  • Marcos Daniel

    29/02/2012 #41 Author

    Parabéns pelo texto.

    Responder

  • Sergio

    29/02/2012 #42 Author

    O jogo ainda está paralisado? Pensei que ia ver o tal xeque-mate… Enquanto isso vou tomar um Mate Xeque!!!

    Responder

  • Sergio

    29/02/2012 #43 Author

    O jogo ainda está paralisado? Pensei que ia ver o tal “xeque-mate”… Enquanto isso vou tomar um Mate Xeque!!!

    Responder

  • Fábio SC

    29/02/2012 #44 Author

    Olá
    Percebi que você ainda acreditava na possibilidade de redenção da reputação de PHA. Nunca acreditei nisso.
    Texto muito bem escrito, parabéns.
    Passarei por aqui com mais frequencia.
    Abraço

    Responder

  • Romeu Giamboni

    29/02/2012 #45 Author

    Parabens!

    Bom texto.
    Estou incluindo seu Blog no meu roteiro.

    Responder

  • José (Europa)

    29/02/2012 #46 Author

    Bom dia! visitei seu blog por causa de um post de reinaldo Azevedo. Agradeço a ele a dica e a você por mais um blog de qualidade!
    Parabéns!

    Responder

  • Edimlson

    29/02/2012 #47 Author

    Passei por aqui por causa do texto reproduzido pelo Reianaldo Azevedo. Excelente texto. Fico freguês!

    Responder

  • alvaro

    29/02/2012 #48 Author

    O blog do JEG PH é um amontoado de opiniões preconceituosas e difamadoras. Além do evidente racismo contra Heraldo Pereira e Paulo Preto, o JEG comparou José Serra com o assassino norueguês Anders Breivik. Mais, fez alguns posts em que suásticas representavam as estrelas na bandeira do estado de São Paulo. Ofende os paulistas chamando-os de anti-nordestinos e separatistas.
    Não é a toa que Alberto Dines o trata por “Paco, o linchador”.

    Responder

  • Oto

    29/02/2012 #49 Author

    Nao conhecia seu blog, mas Reinaldo deixou o link e vim conferir. PHA procura de todas as formas persegui a todos que tem ligações com a Globo e que seja oposição a Record/PT.

    Responder

  • Luiz Henrique

    29/02/2012 #50 Author

    Fabio Pannunzio, a qualidade do seu texto e a educada firmeza de suas respostas ao leitor Morales estão de parabéns. Passarei mais vezes por aqui.
    Ah, sim, cheguei aqui via link do blog do Reinaldo Azevedo.

    Atc

    Luiz

    Responder

  • Tereza

    29/02/2012 #51 Author

    Parabéns pelo texto, caro Pannunzio.
    Chega de canalhice. As mentiras devem ser combatidas com o cautério da verdade. Quanto mais essa praga que assola os profissionais da imprensa que prestam serviço ao PT for exposta ao sol, maior a chance de livrarmos o país da cegueira da ignorância. Belo trabalho.

    Responder

  • Leonardo

    29/02/2012 #52 Author

    Paulo Henrique vem perdendo a credibilidade por completo,é um bom repórter,mas em nome desse governismo fanático tem tido condutas reprováveis sob qualquer aspecto.O pior de tudo são alguns ditos ”progressistas” que aplaudem essa conduta,pois isso é uma guerra contra o PIG.Então,vale tudo mesmo?Olha que coisa mais infantil!!!

    Responder

  • Thomaz Magalhães

    28/02/2012 #53 Author

    Prazer em conhecer o seu blog, Pannunzio. Gostei muito dessa enquadrada no Paulo Henrique Amorim. Ele está perdendo o rumo da decência. Deve contar com sua próxima condenação no processo que corre na área criminal, acusação oferecida pelo Ministério Púbico e parece que já aceita pela Justiça, para fomentar a audiência do blog dele.

    Responder

  • Ita BSB

    28/02/2012 #54 Author

    O duro disso é esse pessoal se auto proclamar de blogueiros proguessistas.

    Dá uma idéia o caráter e a lisura desse pessoal, a começar por PHA que vibra ao lucrar com a ofensa a profissional sério e correto, mas que não faz parte de seu grupelho.

    O texto trupe.reflete muito bem quem é esse PHA e sua

    Responder

  • Silas

    28/02/2012 #55 Author

    Caro Panunzzio,

    Cheguei aqui depois de ler seu texto no blog do Reinaldo Azevedo. Resolvi lê-lo também in loco. Não creio que se deva elogiar um homem por dizer a verdade. É obrigação. É respeito, no caso, pelo leitor. É o que eu esperava de um verdadeiro jornalista: dizer a verdade!
    Fico “freguês”!

    Responder

  • Márcio

    28/02/2012 #56 Author

    Assino em baixo, belo post. Acho que você pôs os pingos nos I’s direitinho, sem se exaltar, do jeito que tem que ser. É a minha 1ª vez no seu blog, certamente não será a última. Cumprimentos, abraços e parabéns.

    Responder

  • andré

    28/02/2012 #57 Author

    Parabéns pela clareza do texto. Ótimo jornalista. Ainda bem que ainda temos jornalistas no Brasil.

    Responder

  • Luis

    28/02/2012 #58 Author

    Que tal o blogueiro comentar também sofre o comentário EXTREMAMENTE PRECONCEITUOSO do seu colega de trabalho Bóris Casoy sobre os garis?

    Responder

  • Carlos Morales

    28/02/2012 #60 Author

    Discordo frontalmente da sua opinião. Não penso que PHA tenha sido racista ao usar aquele termo infeliz. Creio, isso sim, que ele está sendo vítima de uma campanha torpe, movida por uma eminência parda, que ainda conspurca o Supremo.
    Heraldo, ou a mulher dele – tanto faz -, são empregados da tal eminência, o sr. sabia?
    Não há santos nesta história mas, sabendo que, entre as testemunhas da acusação se encontra a malfadada eminência e o notório Reinaldo Azevedo, não tenho dúvidas quanto à inocência de PHA e à intencionalidade da denuncia.
    Sua torcida contra PHA – pois é isso, torcida – não fala muito bem do seu caráter, sr. Pannunzio, e escancara o seu lado, digamos PIG, como bem diria PHA.

    REGULAÇÃO NÃO É CENSURA

    Saudações

    Responder

    • andré

      28/02/2012 #61 Author

      Ora, mais um defensor “cego” do PHA.

    • Fábio Pannunzio

      28/02/2012 #62 Author

      É assim que as mentiras começam a prosperar. A mulher do Heraldo, que foi minha colega na Globo e tem 30 anos de profissão, não trabalha mais na TV Justiça há muito tempo. O Heraldo não é funcionário nem de Gilmar Mendes, nem do IDP nem da TV Justiça.
      Procure se informar antes de fazer afirmações dessa natureza.
      No mais, espero que o senhor tenha um pouco mais de dúvidas sobre o que lê por aí. Vai lhe fazer muito bem.

    • Ramiza

      28/02/2012 #63 Author

      Na boca dessas pessoas prosperam e muito. Acabam virando (suas) verdades e as pessoas sem condições culturais de analisar acabam por acreditar. Isso vemos demais no Brasil e é muito triste. Resta-nos um caminho imenso pela frente até que a população possa ser chamada de esclarecida.

    • Carlos Morales

      28/02/2012 #64 Author

      Nos termos da conciliação (http://migre.me/83LR4), Heraldo Pereira pede que PHA reconheça que ele, Heraldo “nunca foi empregado de Gilmar Mendes”. O nome do Heraldo Pereira foi retirado do site do IDP, o instituto que pertence ao Gilmar Mendes, mas encontrei no Web Archive uma página da Justiça do Trabalho que mostra Heraldo Pereira como professor do IDP da disciplina Psicologia e Comunicação do curso Curso de Formação Inicial de Magistrados:

      “Justiça do Trabalho – Corpo Docente – Curso de Formação Inicial de Magistrados

      -Psicologia e Comunicação – estudo do relacionamento interpessoal, dos meios de comunicação social e do relacionamento do

      magistrado com a sociedade e a mídia.

      (…)

      Professor Instituição

      (…)

      Professor Heraldo Pereira IDP

      (…)

      http://informatica.jt.gov.br/portal/page?_pageid=193,190494&_dad=portal&_schema=PORTAL

      Xeque! Na próxima é xeque-mate.

    • Carlos Morales

      28/02/2012 #65 Author

      Heraldo Pereira também pede nos termos a conciliação (http://migre.me/83LR4) que PHA reconheça que “que apesar de convidado pelo Supremo Tribunal Federal, Heraldo Pereira não aceitou participar do Conselho Estratégico da TV Justiça”. Fiz pesquisa e,realmente, o nome do Heraldo Pereira não aparece no site da TV Justiça. Mas consegui recuperar uma página da TV Justiça que mostra Heraldo Pereira como integrante do “Conselho Estratégico” da TV Justiça:

      TV Justiça – QUEM SOMOS

      Conselho Estratégico:

      (…)

      Heraldo Pereira
      Jornalista e advogado

      (…)

      http://web.archive.org/web/20090328123108/http://www.tvjustica.jus.br/quem_somos_conselho.php

      É suficiente?

    • Fábio Pannunzio

      28/02/2012 #66 Author

      Bem, eu vou ajudar o senhor a conhecer o que está por trás das injúrias contra o Heraldo. Não tem nenhum problema o sr. discordar do que eu escrevo, do que eu penso. Mas fatos são fatos. E acho que o sr. vai se surpreender quando conhecer a história toda. Seguem aqui dois links: http://www.pannunzio.com.br/archives/112 e http://www.pannunzio.com.br/archives/137 .
      Um abraço.

    • Carlos Morales

      29/02/2012 #67 Author

      Então, tá! O Paulo Roque deve saber também o endereço de Papai Noel, da Fada do Dente, dos manes tutelares, etc..
      Eu tenho de acreditar na palavra dum amigo seu e não no site.
      Repito: Então, tá!
      Saudações.

    • Fábio Pannunzio

      29/02/2012 #68 Author

      Bom, não posso — e não quero — violar suas crenças. Se, a despeito de tudo o que leu, o sr. ainda se mantém crédulo, então a discussão passa a ter uma caráter religioso. Eu, como bom ateu, estou acostumado a respeitar a crença alheia. Até quando ela é cega.
      Um abraço.

    • Carlos Morales

      29/02/2012 #69 Author

      Por fim concordamos nalguma coisa! Eu também sou ateu, só que do outro lado rsrsrs
      É verdade, você não vai me convencer; nem eu a você. Mas devo lhe dizer que apreciei muito sua gentileza e educação.
      Obrigado.
      Até mais.

    • Fábio Pannunzio

      29/02/2012 #70 Author

      Pois saiba que o senhor é muito bem-vindo aqui. Mesmo que seja para discordar de mim. Foi um prazer.

    • Paulo

      29/02/2012 #71 Author

      Perfeita sua sugestão: desconfiômetro sobre o que se lê por ai e o habito de procurar mais fontes (inclusive as opostas) antes de emitir opiniões bombásticas faz um bem danado ao debate de idéias. E saber o sentido das palavras também é fundamental.

    • Shirley

      29/02/2012 #72 Author

      Que interessante! Se ‘A’ é a favor, ‘B’ é contra! Se o Reinaldo Azevedo está como testemunha da acusação, o Sr. Carlos crê na inocência do PH sem questionar. E pensar que é assim que boa parte da população brasileira “forma”(?) sua opinião. E pior, vota!

  • Shirley

    28/02/2012 #73 Author

    Perfeito! Síntese irrepreensível do sentimento de muitos em relação a atitude nojenta do tal PHA. Parabéns!

    Responder

  • Leopoldo Dogher

    28/02/2012 #74 Author

    Não conhecia o seu blog.
    Gostei do que vi. Concordo com o que está nesse post sobre o comportamento do tal Paulo Henrique Amorim. É muita cara de pau!

    Responder

  • Hagner

    28/02/2012 #75 Author

    Li o seu texto por causa do link do Reinaldo Azevedo. Excelente!

    Responder

  • marcelo monteiro

    28/02/2012 #76 Author

    Texto primoroso. Ganhou um admirador.

    Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *