Com informações da Folha Online. Relatório final da comissão de sindicância que investiga a “farra das passagens aéreas” na Câmara dos Deputados aponta que...

Com informações da Folha Online.

Relatório final da comissão de sindicância que investiga a “farra das passagens aéreas” na Câmara dos Deputados aponta que dois parlamentares deixaram de pagar parte dos salários de assessores.

O documento sigiloso também menciona a contratação de servidores fantasmas e fraudes na verba indenizatória. Os deputados citados são Paulo Roberto (PTB-RS) e Eugênio Rabelo (PP-CE).

Leia mais clicando aqui.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *