A senadora Serys Slhessarenko (PT-MT) disse acreditar que parte da crise que assola o Senado há mais de seis meses é provocada pela corrida para as eleições...

A senadora Serys Slhessarenko (PT-MT) disse acreditar que parte da crise que assola o Senado há mais de seis meses é provocada pela corrida para as eleições do ano que vem.

Segundo Serys, a postura do PT ainda é a mesma adotada nos últimos meses. “O PT continua defendendo o afastamento temporário do presidente Sarney. Pela governabilidade, isso é o aconselhável”, afirmou ao dizer que, no entanto, a decisão pelo afastamento ou não do cargo depende única e exclusivamente do peemedebista.

A petista também contou que a bancada não sofreu pressão do presidente Lula ao se posicionar contra os princípios defendidos por ele. “Em nenhum momento houve pressão mas sim, muita conversa”. Ela defendeu que o papel dos parlamentares, neste momento, é votar matérias. “Vamos para o plenário votar e a crise que seja resolvida com as investigações devidas e apuradas pelos membros competentes”.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *