Com informações da Agência Estado O ministro da Defesa Nelson Jobim confirmou hoje que o chefe de gabinete dele, Murilo Marques, será o novo...

Com informações da Agência Estado

O ministro da Defesa Nelson Jobim confirmou hoje que o chefe de gabinete dele, Murilo Marques, será o novo presidente da Infraero. Ele substituirá o brigadeiro Cleonilson Nicácio, que deixa a Infraero para não perder o direito a uma promoção na carreira militar. Pela linha sucessória, Nicácio seria o sucessor natural do atual comandante da Aeronáutica, Juniti Saito.

Murilo Marques é engenheiro e homem de confiança de Jobim. Deve ser o responsável por tocar a reestruturação da estatal, que pode ter o capital aberto à iniciativa privada e perder a administração de alguns aeroportos, na lista para serem privatizados.

O ministro confirmou o nome de Marques durante a sessão solene em comemoração aos 10 anos do Ministério da Defesa. Pressionado por repórteres, Jobim não quis se pronunciar sobre outro tema polêmico do ministério: a compra de caças para a Aeronáutica, em negócio de R$ 5,5 bilhões. Três aviões – Rafale, Gripen e F-18 Super Hornet – disputam o acordo. A decisão final da Defesa deve ser divulgada até o fim do mês.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *