Do Estadão. A Secretaria de Saúde do Paraná confirmou nesta terça-feira mais 21 mortes em decorrência do vírus da gripe suína. Com esses casos,...

Do Estadão.

A Secretaria de Saúde do Paraná confirmou nesta terça-feira mais 21 mortes em decorrência do vírus da gripe suína. Com esses casos, sobe para 25 o número de óbitos no estado. Segundo o órgão, a maioria das vítimas é de adultos entre 25 e 35 anos. O perfil detalhado dos pacientes será divulgado amanhã. Dos 25 casos, 19 foram confirmados pelo Laboratório Central do Estado (Lacen) e seis pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

A Secretaria de Estado de Saúde do Rio, por sua vez, informou que mais três pessoas morreram infectadas pelo vírus da gripe A (H1N1). Com isso, chega a 19 o número de óbitos pela doença na região. Dos casos recentes, dois são da capital fluminense e um é de Pinheiral, na região Sul do Estado.

Entre as vítimas confirmadas no Rio há um homem hipertenso, de 30 anos, que morreu em 22 de julho; uma mulher obesa, de 32 anos, que faleceu no dia 23; e uma mulher com bronquite, de 33 anos, que veio a óbito no dia 25. Os casos foram confirmados por exames realizados pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

Mais cedo, a prefeitura de São Caetano do Sul, na Grande São Paulo, havia confirmado a terceira morte causada pelo vírus. A vítima, de 42 anos, era auxiliar de primeira infância e morreu no último dia 29, no Hospital Santa Cecília, na Capital.

A auxiliar estava afastada do trabalho desde o dia 21 de julho. A partir desta data, a Vigilância Sanitária passou a monitorar todos os alunos que tiveram contato com ela.  Para evitar a propagação da doença, a Prefeitura de São Caetano do Sul suspendeu as aulas em toda a rede municipal de ensino até o próximo dia 17 de agosto.

Com os últimos registros, sobe para 124 o número de mortos em todo o país. Entenda o mapa dos óbitos no Brasil clicando aqui.

 

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *