A Divisão de Produtos Farmacêuticos da multinacional suiça Roche, que detém a patente do Oseltamivir (comercializado com  marca Tamiflu), o medicamento mais eficaz para...

A Divisão de Produtos Farmacêuticos da multinacional suiça Roche, que detém a patente do Oseltamivir (comercializado com  marca Tamiflu), o medicamento mais eficaz para o tratamento da Gripe Suína, cresceu duas vezes mais do que o mercado em que opera no primeiro semestre deste ano.

O Tamiflu foi um dos principais responsáveis pelo aumento das vendas do laboratório em todo o mundo. Com o alastramento da pandemia, os resultados obtidos com o antiviral foram responsáveis por um aumento de 4 % no faturamento global da divisão farmacológica.

O lucro operacional da companhia foi de 8 bilhões de dólares nos seis primeiros meses deste ano, 20 % maior do que o registrado no balanço anterior. E pode chegar à casa dos dois dígitos já em 2010, permitindo à empresa reduzir rapidamente seu endividamento e inverter o fluxo de caixa negativo dele decorrente até o ano de 2015.

Para isso, a Roche está ampliando a produção de Oseltamivir, em seus próprios laboratórios ou mediante terceirização, e pretende estar em condição de entregar ao mercado 400 milhões de caixas de Tamiflu ao longo do ano que vem.

O faturamento semestral da multinacional suiça foi de US$ 24 bilhões. A margem de lucro operacional é de 32 %. As informações constam do balanço parcial recé-divulgado pela companhia, que pode ser acessado aqui (arquivo em formato PDF com informações em inglês).

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *