Vários leitores do Blog acertaram o nome do autor da “Carta ao Leitor” da edição 95 de Veja. Oliveira Neto, Cláudio e Álvaro foram...

Vários leitores do Blog acertaram o nome do autor da “Carta ao Leitor” da edição 95 de Veja. Oliveira Neto, Cláudio e Álvaro foram os primeiros. Mas o doce prometido no post “Imprensa Golpista: quem, afinal, apoiou a ditadura militar brasileira ?” vai para o ínclito Paulo Henrique Amorim. Em seu blog, o apresentador do bispo Edir Macedo afirmou hoje (clique aqui e aumente a audiência do site dele se quiser beber na fonte):

“Como é conhecimento do mundo mineral, quem fez a Veja, quando podia ser lida, foi o Mino Carta. O Robert(o) [Civita, dono daEditora Abril] lia a Veja na segunda feira, depois de impressa, porque o Mino não deixava ele dar palpite ANTES de a revista rodar”.

Com a assertividade habitual, Paulo Henrique Amorim cumpre um importante papel histórico: o de estabelecer de quem era a responsabilidade pela linha editorial da revista nos Anos de Chumbo. O testemunho do blogueiro não pode ser desprezado. Na época, ele era um dos editores de Veja. Portanto, pelo menos desta vez, PHA fala sobre o que viu e viveu.

Publico daqui a pouco a reportagem à qual a Carta de Mino remete. E um texto histórico. Só não chama o general Emílio Garrastazu Médici de bonito. Mas enaltece sua obra — e até o emblema fascista “Ame-o ou Deixe-o”, que acabava de se transformar no mantra dos milicos, torturadores e sabujos do pior ditador brasileiro.

Comentários

  • Jacqueline

    17/03/2012 #1 Author

    Essa foi fácil. Ele já está é o rei dos JEG( Jornalistas da Esgotofera Governista).

    Responder

  • Rezende

    17/03/2012 #2 Author

    Caro Pannunzio, seu blog é um achado. Eu o adicionei à minha lista de leitura diária há algumas semanas e tenho gostado bastante. Parabéns!

    Responder

  • Luiz Antonio

    17/03/2012 #3 Author

    Como diz o Reinaldo Azevedo, o PHA nunca foi esquerdista, sempre foi situação.

    Responder

  • Andre

    17/03/2012 #4 Author

    Caramba, Fabio, infelizmente seu site ainda e’ pouco conhecido, e’ preciso divulgar isso em outros meios !

    O Reinaldo Azevedo nao pode publicar, creio que o Noblat tambem nao o fara’, mas e’ preciso espalharmos isso o maximo possivel !

    Sugestao: mude o formato do seu site de blog para um site mesmo (quem sabe a CEF entao nao te da’ uns 2 milhoes por causa disso ?), e ai’ coloque essas reportagens mais importantes fixas por um bom tempo num menu lateral, por exemplo.

    O formato de blog e’ ruim, pois os posts vao ficando pra tras.

    abraco,

    Andre

    Responder

    • Fábio Pannunzio

      17/03/2012 #5 Author

      André, muito obrigado pela sua sugestão. Como sou eu mesmo quem toca tudo aqui neste blog, demoro um pouco para entender o funcionamentos das engrenagens. Mas vou encampar sim o que você recomenda. Um abraço e muito obrigado de coração.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *