Assim como o deputado federal Sérgio Moraes (PTB-RS), o senador e presidente do Conselho de Ética Paulo Duque (PMDB-RJ) causou polêmica recentemente ao praticamente...

Assim como o deputado federal Sérgio Moraes (PTB-RS), o senador e presidente do Conselho de Ética Paulo Duque (PMDB-RJ) causou polêmica recentemente ao praticamente dizer que “se lixava para a opinião pública”.

Em entrevista pouco depois de assumir a presidência do colegiado, o octogenário e suplente de suplente afirmou que “a opinião pública é muito volúvel. Põe 50 mil pessoas no Maracanã para ver o show da Madonna”.

As palavras de Duque trouxeram para muitos o sentimento de indignação. Mas ele particularmente pensa o contrário.

Hoje, depois de arquivar cinco reclamações (quatro contra o presidente do Senado, José Sarney, e uma contra o líder peemedebista Renan Calheiros) na primeira reunião do Conselho pós-recesso, o parlamentar foi perguntado sobre o que achava que a opinião pública iria pensar sobre os engavetamentos.

A resposta de Duque, o presidente eleito “pelos lindos olhos azuis”, não poderia ser diferente: “A opinião pública gosta de mim”.

Será?

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *