Vitória de Pirro

O Presidente Michael Temer vai vencer na CCJ.

Com as mudanças promovidas pelo líderes dos partidos da base, o prognóstico, antes desfavorável, agora é amplamente favorável ao atual Presidente.

Vai ser uma vitória de Pirro. Pirro é aquele belicoso general macedônio que, ao final de sua guerra mais sangrenta afirmou, ao se sagrar vitorioso: “mais uma vitória dessas e estou frito!”

Temer se prepara para lutar sua batalha de Heracleia — a da primeira denúncia da PGR. Quando vier a de Ásculo, no plenário, nesta ou na próxima denúncia, pode ser que não tenha tropas suficientes para assegurar-lhe a consagração que as manobras na CCJ lhe permitirão agora.

Clique para continuar lendo

O jogo de Temer

Michel Temer talvez seja o Presidente que abraçou mais desbragadamente o pragmatismo em toda a história brasileira. Ele tem feito tremendos malabarismos para se manter de pé. É um bom jogador, mas não tem nenhuma preocupação com a imagem que legará para o futuro.

Para se salvar da refrega no TSE, substituiu dois ministros por gente da sua confiança. Os indicados cumpriram a tarefa com denodo.  O preço foi bem alto: a desmoralização da Justiça Eleitoral.

Temer demitiu um ministro da Justiça e contratou outro para cortar as asas da Polícia Federal. Diante da impossibilidade política de demitir também o atual diretor, está matando a PF de inanição. Os que estão na fila do passaporte e não vão viajar bem sabem o que isso significa.

Clique para continuar lendo

O que Renan tem contra a Justiça ?

A pressa do senador Renan Calheiros em votar o Pacote Pró-Corrupção só tem uma explicação. Ciente de que logo se tornará réu, o poderoso chefão do Senado arrasta a instituição que preside para uma guerra fratricida contra o Judiciário e o Ministério Público que brevemente irão julgá-lo.

renan-calheirosA tentativa de acumpliciar os colegas com seu extenso passivo criminal, no entanto, encontrou finalmente um limite. Nem os partidos tradicionalmente aliados do PMDB querem se associar a essa empreitada. Daí os 44 votos que ele obteve contra si na triste sessão desta quarta-feira.

Clique para continuar lendo

Justiça abre ação contra nove ‘aloprados’ do PT

RODRIGO VARGAS

A Justiça aceitou uma denúncia do Ministério Público Federal de Mato Grosso contra nove pessoas envolvidas no caso que ficou conhecido como escândalo dos “aloprados”. Trata-se da negociação de um dossiê, em 2006, contra o então candidato do PSDB ao governo de São Paulo, José Serra.

Entre os denunciados estão Jorge Lorenzetti, Expedito Veloso, Osvaldo Bargas e Gedimar Pereira Passos, que trabalhavam na campanha de reeleição do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Clique para continuar lendo