Rosane Collor, agora com as feições de uma matrona de meia-idade, voltou ao foco da cena política no Fantástico deste domingo. Em vez da figura débil da primeira-dama deslumbrada com a qual o País se acostumou durante o curto reinado do caçador de marajás, ela estava sóbria, tranquila, e... Leia mais