BESTA Direitos humanos Jornalismo Notí­cias Polí­tica saúde

Mariângela Hamu, sobre Heraldo Pereira X Paulo Henrique Amorim: “Foi racismo e ponto!”

Heraldo Pereira foi sereno e preciso. A frase de Ana Maria Gonçalves, citada por ele, diz tudo: ““Paulo Henrique Amorim usou a cor de Heraldo Pereira para atacá-lo. É racismo e ponto. Tá na lei. Quem não concorda deve brigar para mudar a lei, e não para que Paulo Henrique Amorim esteja acima dela.” Parabéns, Heraldo.

Related posts

Fé cega, língua afiada

Fábio Pannunzio

Seis pessoas são mortas na Zona Norte de São Paulo

Uma pérola sobre Ayrton Senna no Youtube

Fábio Pannunzio

3 comments

lariane 12/04/2012 at 17:42

bom eu acho que essa história de racismo divia acabar né isso é feio gente nós todos somos humanos né então pra quer racismo.

Reply
alexandre pereira 07/04/2012 at 12:10

Realmente o kamel tem razão, não somos racistas! Isso pode Arnaldo?

Reply
Fr Albuquerque 06/04/2012 at 08:39

Cadê as manifestações das lideranças, dos movimentos negros? Deram apoio ao Heraldo Pereira?

Quem tem mais autoridade para emitir opinião a respeito? Mariângela Hamu? Lideranças que lutam contra a discriminação racial? E agora?

Reply

Leave a Comment