Cidadania Direitos humanos Justiça Polí­tica

Quatro ministros já votaram a favor do direito de interromper gestação de feto anencefálico

Com informações da Agência Senado

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Fux foi o quarto a votar a favor da interrupção da gravidez de fetos anencéfalos. Além dele, já se posicionaram nesse sentido o relator da ação (ADPF 54) em que a matéria é analisada, ministro Marco Aurélio Aurélio, a ministra Rosa Weber e o ministro Joaquim Barbosa, que adiantou seu posicionamento.

Para o ministro Luiz Fux, impedir a interrupção da gravidez de um feto anencéfalo equivale a impor uma tortura à gestante, o que é vedado pela Constituição Federal. Segundo ele, é a mulher quem deve decidir entre levar ou não a gravidez adiante nesse caso. E aquela que decidir pela interrupção da gestação não poderá ser criminalizada.

Comentários

Related posts

Paulo Henrique Amorim esconde entrevista em que Mino diz que agiu como mercenário

Fábio Pannunzio

Um assassinato na agenda que Obama vem cumprir no Brasil

Fábio Pannunzio

Protógenes tentou contato com esquema do Cachoeira, diz Polícia Federal

Leave a Comment