Blog do Pannunzio

Senado identifica editor de novos atos secretos

Da Folha de S.Paulo

Adriano Ceolin e Gabriela Guerreiro

O Senado identificou nesta quinta-feira o ex-diretor de Recursos Humanos da Casa Ralph Siqueira como responsável pela publicação de novos 468 atos secretos em boletins administrativos da rede de intranet da Casa. A Primeira-Secretaria do Senado, sob o comando do senador Heráclito Fortes (DEM-PI), reuniu indícios que responsabilizam Siqueira pelos novos atos sigilosos –referentes a medidas tomadas nos anos de 1998 e 1999.

A Folha apurou que o chefe de publicação do Senado, Franklin Landim, teria sido uma testemunha essencial para a identificação de Siqueira como responsável pela publicação tardia dos atos. Landim já havia apontado os ex-diretores Agaciel da Silva Maia (Direção Geral) e João Carlos Zoghbi (Recursos Humanos) como os responsáveis pelo esquema de atos secretos na Casa.

Ao longo do dia, Heráclito sinalizou que ex-diretores seriam responsáveis pela edição dos novos atos secretos. O primeiro-secretário chegou a classificar de “sabotagem” a inclusão das medidas depois que o Senado já investigava a edição de atos secretos na instituição.

A oposição atribuiu a publicação de novos atos à disputa política na Casa. O senador Arthur Virgílio (PSDB-AM) disse acreditar que aliados do senador José Sarney (PMDB-AP) teriam divulgado os 468 novos atos para mostrar que outros ex-presidentes do Senado também foram responsáveis pelas medidas sigilosas –já que as medidas são referentes aos anos de 1998 e 1999, quando o Senado era presidido pelo senador Antônio Carlos Magalhães, morto em 2007.

Leia mais clicando aqui.

Related posts

Mão Santa anuncia saída do PMDB

Fábio Pannunzio

Emissário do esquema Arruda põe caciques do PMDB no Mensalão Candango

Fábio Pannunzio

Foragido, Hosmany concedeu entrevista exclusiva ao Blog

Fábio Pannunzio

Leave a Comment