Jornalismo Notí­cias Tecnologia

Tem uns robozinhos visitando meu Twitter. Os nomes são criativos

O Twitter do Blog está recebendo visitas inesperadas. São robozinhos com nomes simpáticos: C3Po, In Dog We Trust (o mais criativos de todos), Chapinha, Chapa Branca…

Quase todos têm oito seguidores. Não entendo nada de internet, mas fiquei sabendo que o fato de ter quase nenhum seguidor e promover a reprodução em massa dos tuítes é o objetivo dessa galera.

Bem, eu não contratei robô nenhum.

Acho que eles gostam dos meus textos porque ficam espalhando entre eles mesmos o que escrevo. Presumo que sejam alfabetizados, mas beirem o analfabetismo funcional porque uns copiam os microposts dos outros,  ficando limitados a isso. Ainda não entendi como isso pode aumentar a audiência. Por enquanto, apenas poluiu o desktop do Twitter do blog.

Se você quiser saber exatamente a que estou me referindo, visite o Twitter do blog. O endereço está aqui: http://twitter.com/blogdopannunzio .

Comentários

Related posts

Morte na UTI: hospital de Brasília deixou de aplicar tratamento contra asma prescrito por médica intensivista

Fábio Pannunzio

As vigarices acadêmicas do bispo Edir Macedo

Fábio Pannunzio

Câmara de SP tem compra de voto, diz Soninha

Bruna Pannunzio

7 comments

Antonio G 16/05/2012 at 01:47

Prezado Pannunzio.
Você acaba de ser molestado pelo MAV.
Nunca sei direito o significado da sigla, mas é algo como Militância Virtual Não Sei Do Que.
É a patrulha “internética” dos petralhas, criada para azucrinar os blogueiros que prestam.

Reply
Airton 16/05/2012 at 00:48

Com excessão do Chapinha Branca ( que aparentemente é fã do que escreve ) os outros desapareceram .

Reply
Airton 16/05/2012 at 00:39

Só que o verdadeiro c3po é este :https://twitter.com/#!/C3PO

Reply
Airton 16/05/2012 at 00:35

O endereço do twitter está dando página não encontrada.

Reply
Fábio Pannunzio 16/05/2012 at 00:39

Obrigado, Airton. Já corrigi o link. Abraço.

Reply
Airton 16/05/2012 at 00:18

Do Blog do Camarotti

http://g1.globo.com/platb/blog-do-camarotti/2012/05/15/thomaz-bastos-cachoeira-nao-sera-o-homem-bomba-da-cpi/

Livro vai revelar que grupo que elaborou Dossiê Cayman queria lucrar R$ 200 milhões

ter, 15/05/12
por Gerson Camarotti |

O advogado e ex-ministro da Justiça Márcio Thomaz Bastos já começou a fazer os primeiros esboços de um livro que vai contar os bastidores de carreira, que irá incluir passagens de quando ocupou o cargo no governo Lula. Haverá um capítulo específico sobre o episódio do Dossiê Cayman.

Pela primeira vez, Thomas Bastos vai revelar que alertou o ex-presidente Lula, na ocasião um líder da oposição, para não embarcar na divulgação do dossiê porque era um papelório falso.

Detalhe: Thomaz Bastos descobriu que um grupo queria criar instabilidade no governo Fernando Henrique Cardoso para especular com a queda dos papéis do governo brasileiro. O grupo que elaborou o dossiê esperava lucrar com essa aposta na desvalorização dos títulos cerca de R$ 200 milhões.

O Dossiê Cayman foi um conjunto de documentos criados com o objetivo de atribuir crimes inexistentes a políticos tucanos, durante a eleição de 1998.

Detalhe: na ocasião havia paridade entre o dólar e a moeda brasileira.

O que a BESTA vai dizer agora ?
Que o escritor não é uma pessoa séria ou que ele é um PIG ?

Reply
Fábio Pannunzio 16/05/2012 at 00:48

Obrigado de novo. Já acabei de postar.

Reply

Deixe um comentário para Airton Cancel Reply