Notí­cias Polí­tica

Livro vai revelar que grupo do Dossiê Cayman queria lucrar R$ 200 milhões

No Blog do Gerson Camarotti

O advogado e ex-ministro da Justiça Márcio Thomaz Bastos já começou a fazer os primeiros esboços de um livro que vai contar os bastidores de carreira, que irá incluir passagens de quando ocupou o cargo no governo Lula. Haverá um capítulo específico sobre o episódio do Dossiê Cayman.

Pela primeira vez, Thomas Bastos vai revelar que alertou o ex-presidente Lula, na ocasião um líder da oposição, para não embarcar na divulgação do dossiê porque era um papelório falso.

Detalhe: Thomaz Bastos descobriu que um grupo queria criar instabilidade no governo Fernando Henrique Cardoso para especular com a queda dos papéis do governo brasileiro. O grupo que elaborou o dossiê esperava lucrar com essa aposta na desvalorização dos títulos cerca de R$ 200 milhões.

O Dossiê Cayman foi um conjunto de documentos criados com o objetivo de atribuir crimes inexistentes a políticos tucanos, durante a eleição de 1998.

Beba na fonte: G1 – Blog do Camarotti » Livro vai revelar que grupo que elaborou Dossiê Cayman queria lucrar R$ 200 milhões » Arquivo.

Comentários

Related posts

Ministros já debatem tamanho das penas

Alencar continua internado com quadro de saúde estável

Bruna Pannunzio

Cotas raciais, um erro

1 comment

Airton 16/05/2012 at 10:27

O livro A Privataria Tucana não tem algo escrito sobre esse tema , afirmando que o Dossiê Cayman existiu ?
E agora como fica .

Reply

Leave a Comment