Notí­cias Polí­tica

Livro vai revelar que grupo do Dossiê Cayman queria lucrar R$ 200 milhões

No Blog do Gerson Camarotti

O advogado e ex-ministro da Justiça Márcio Thomaz Bastos já começou a fazer os primeiros esboços de um livro que vai contar os bastidores de carreira, que irá incluir passagens de quando ocupou o cargo no governo Lula. Haverá um capítulo específico sobre o episódio do Dossiê Cayman.

Pela primeira vez, Thomas Bastos vai revelar que alertou o ex-presidente Lula, na ocasião um líder da oposição, para não embarcar na divulgação do dossiê porque era um papelório falso.

Detalhe: Thomaz Bastos descobriu que um grupo queria criar instabilidade no governo Fernando Henrique Cardoso para especular com a queda dos papéis do governo brasileiro. O grupo que elaborou o dossiê esperava lucrar com essa aposta na desvalorização dos títulos cerca de R$ 200 milhões.

O Dossiê Cayman foi um conjunto de documentos criados com o objetivo de atribuir crimes inexistentes a políticos tucanos, durante a eleição de 1998.

Beba na fonte: G1 – Blog do Camarotti » Livro vai revelar que grupo que elaborou Dossiê Cayman queria lucrar R$ 200 milhões » Arquivo.

Comentários

Related posts

Senado libera de novo pagamento de extra para funcionários

STF ordena quebra de sigilo fiscal dos réus do mensalão

Bruna Pannunzio

Homem de confiança de Cachoeira, Garcez fala à CPI e complica Perillo

1 comment

Airton 16/05/2012 at 10:27

O livro A Privataria Tucana não tem algo escrito sobre esse tema , afirmando que o Dossiê Cayman existiu ?
E agora como fica .

Reply

Leave a Comment