Deu no jornal Eleições 2012 Folha de São Paulo Notí­cias Polí­tica

PSB bate martelo e será o 1º partido a apoiar Haddad

FÁBIO ZAMBELI

O PSB será o primeiro partido a oficializar o apoio a Fernando Haddad (PT) na corrida pela prefeitura paulistana.

O comunicado formalizando a aliança deve ser feito até amanhã pelo governador Eduardo Campos (PE) e o ex-ministro Roberto Amaral, principais dirigentes da sigla, a Lula, padrinho da candidatura de Haddad, e Rui Falcão, presidente nacional petista.

Campos e Amaral dirão à cúpula do PT que a decisão independe das articulações entre os dois partidos para Recife e Fortaleza, que se arrastarão até o final do mês.

Os socialistas, que integram a base de sustentação a Dilma Rousseff, pretendem usar o discurso de que o acordo se faz necessário pelo fato de a eleição em São Paulo ter “caráter nacional”.

Na interpretação da direção do PSB, a coalizão haddadista será a única capaz de sustentar um projeto “progressista e de centro-esquerda” para a capital paulista.

O pacto dará ao pré-candidato do PT cerca de 1min20s de tempo de TV no horário gratuito. Haddad está perto de atrair ainda o PC do B, que também compõe o bloco de apoio ao governo Dilma.

A convenção que sacramentará a chapa liderada pelo ex-ministro da Educação está marcada para o dia 30.

Ainda assim, o petista terá menos tempo que seu principal adversário, José Serra (PSDB), na TV. O tucano já anunciou alianças com quatro partidos -DEM, PSD, PR e PV- e deve formalizar acordo com o PP amanhã.

Embora a indicação do vice não seja fator condicionante para o PSB, figuram em lista que circula no QG petista nomes como o da deputada Luiza Erundina e do reitor da UniNove, Eduardo Storópoli.

Em São Paulo, o PSB integra as bases de sustentação ao prefeito Gilberto Kassab (PSD) e ao governador Geraldo Alckmin (PSDB).

Ambos tentaram conduzir o partido à campanha de Serra, sem sucesso. Num segundo movimento, trabalharam para que o PSB optasse por candidatura própria, indicativo aprovado pela direção paulistana no dia 31 de maio.

Beba na fonte: Folha de S.Paulo – Poder – PSB bate martelo e será o 1º partido a apoiar Haddad – 12/06/2012.

Comentários

Related posts

O preço de um senador: R$ 6 milhões, segundo o dono da empreiteira Delta

Fábio Pannunzio

Sindicato dos Delegados de Polícia de SP repudia abusos da Corregedoria. Policiais programam manifestação

Fábio Pannunzio

Bairro da Zona Leste está em pânico por causa de ameaças do PCC

3 comments

Airton 12/06/2012 at 23:43

Bateu mesmo o martelo ? Mesmo com o prefeito de Recife batendo de frente com o Lula e dizendo que sairá candidato a reeleição .

Reply
GABOLA de Garanhuns 12/06/2012 at 18:23

… Vou me lembrar desse acordo com o LULASSAURO quando o branquinho de Olhos Azuis for candidato a presidente da república e precisar dos votos de São Paulo.

Reply
12/06/2012 at 12:33

Não entendo porque tanto destaque a um candidato que SÓ tem 3% de intenção de votos nas pesquisas, o correto não seria destacar 1° e o 2° colocados?

Às vezes acho que o jornalismo ESTÁ TORCENDO pra que o pt coloque as mãos no cofre de Sampa, não tem outra explicação…

PS* Nada pessoal Pannunzio, o jornalismo “em geral” dá esse destaque RIDÍCULO

Reply

Leave a Comment