Related posts

Justiça impede divulgação dos salários da Câmara

Mensalão foi tentativa de golpe de oposição e imprensa, diz Lula

Bandalheiras no Judiciário de MT: o começo do fim

Fábio Pannunzio

3 comments

Airton 13/06/2012 at 20:00

A ” grande ” e aplaudida atitude do Agnelo :

http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/stj-quebra-sigilo-de-agnelo-queiroz-e-orlando-silva

só faltava o telefônico.

Reply
Pensador 13/06/2012 at 14:04

Os discursos dos parlamentares se resumem em um rodeio infinito sobre metodologias vazias que fogem do contexto da cpi, criando perda de objetividade e do controle da ordem, desembocando numa indefinição completa, o mérito das questões é julgado de acordo com uma conveniência política perdendo completamente o aspecto de inquérito.Parece me um parquinho onde o ego dos parlamentares tenta brilhar apresentando fatos que o povo está careca de saber!
Depois de uma hora as gravações do Dadá são citadas, o conteúdo do inquérito se tornou público e o paralamentar diz: Chantagem pessoal? Existe chantagem impessoal? Em suma um circo! Agnelo Queiroz não foi citado nas gravações, e o deputado fica pedindo opiniões ao Agnelo? É para rir ou para chorar? Dadá é um bandido que recebe dossies de outros bandidos que estão envolvidos com parlamentares! Só tem bandido nas casas do povo? Julgamento marcial para o Dadá?
O Brasil precisa de uma reforma política completa, não acredito que estamos pagando salário para estes distintos cavelheiros ficarem conversando paralelamente ao ponto de atrapalhar a realização dos trabalhos que com certeza não levarãoa lugar nenhum, enfim um show vazio!

Reply
Pensador 13/06/2012 at 13:40

O sistema de contratação de serviços do distrito federal contem irregularidades cometidas por outras empresas, em suma, melhor fechar o Brasil para balanço é muita sugeira debaixo do tapete, a democracia está tropeçando na falta de eficiência do estado brasileiro!

Reply

Leave a Comment