Corrupção Deu no jornal Justiça Eleitoral Notí­cias Polí­tica

‘Ninguém mais tolera a corrupção’, diz presidente do TSE

A presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Cármen Lúcia, disse nesta sexta-feira que a aplicação da Lei da Ficha Limpa será um desafio para a Justiça Eleitoral do país, e que a Corte terá que fazer cumprir a lei, porque ninguém aceita mais a corrupção. A nova regra, que pela primeira vez poderá ser aplicada integralmente na eleição deste ano, impede que políticos condenados por órgãos colegiados possam disputar cargos eletivos.
— Ninguém tolera mais a corrupção. Temos que fazer cumprir essa lei — disse a ministra, em reunião no Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN), nesta sexta-feira.
Cármen Lúcia garantiu que os juízes eleitorais terão segurança para trabalhar com tranquilidade e coibir abusos e afrontas à lei.
— Coloco-me à disposição de qualquer juiz, a qualquer momento, para que se cumpram as demandas. Vamos analisar as singularidades de cada um, a fim de garantir a democracia e o direito do cidadão — disse a presidente do TSE.
A ministra também pediu o apoio de todos os servidores da Justiça Eleitoral para que a legislação seja cumprida:
— A democracia brasileira passa pelo povo brasileiro, mas somos privilegiados por fazer garantir esse direito.

Beba na fonte: ‘Ninguém mais tolera a corrupção’, diz presidente do TSE – O Globo.

Related posts

Três dias depois do resgate histórico, Equador tenta salvar 4 mineiros aprisionados

“Minha mãe casou com outro cara e disse: este é seu pai”, diz Sean

Senado recebe anteprojeto para modificar Código Penal de 1940

1 comment

Pensador 14/07/2012 at 13:46

Desafio?
Ela está usando de suas funções públicas para se promover publicamente?
Cármen Lúcia garantiu que os juízes eleitorais terão segurança para trabalhar com tranquilidade e coibir abusos e afrontas à lei?
Nossa quanto poder esta juiza possui!
Se os magistrados tivessem realmente segurança para trabalhar no Brasil e a imunidade paralamentar fosse extinta, seríamos um país de primeiro mundo em 10 anos!
Ou não?

Reply

Leave a Comment