Deu no jornal Notí­cias O Globo Segurança

Cresce taxa de assassinatos de crianças e adolescentes no Brasil

As chances de uma criança ou adolescente brasileiro morrer assassinado são maiores hoje do que eram há 30 anos, colocando o país na quarta pior colocação numa comparação com outros 91 países. Em 1980, a taxa de homicídios na população entre zero e 19 anos era de 3,1 para cada 100 mil pessoas. Pulou para 7,7 em 1990, chegou a 11,9 em 2000 e alcançou 13,8 em 2010. Um crescimento de 346,4% em três décadas, em contraste com a mortalidade provocada por problemas de saúde, que teve queda acentuada. Quando considerada toda a população, a taxa de homicídios em 2010 foi de 27 por 100 mil habitantes. Considera-se que há uma epidemia de homicídios quando a taxa fica acima de 10 por 100 mil.

No Brasil, em 2010, 8.686 crianças e adolescentes foram vítimas de homicídio. De 1981 a 2010, o país perdeu 176.044 pessoas com 19 anos ou menos dessa forma. Meninos representam em torno de 90% do total.

Os números são do estudo “Mapa da Violência 2012 — Crianças e Adolescentes do Brasil”, do pesquisador Julio Jacobo Waiselfisz, coordenador de Estudos sobre a Violência da Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (Flacso) no Brasil. Além dos assassinatos, o estudo analisou as mortes violentas causadas por fatores externos, dividindo-as em cinco grupos: homicídios, acidentes de transporte, outros acidentes, suicídios e outras violências.

Em 2010, de todas as mortes violentas de crianças e adolescentes, 43,3% foram homicídios; 27,2% acidentes de transporte; 19,7% outros acidentes.

Beba na fonte: Cresce taxa de assassinatos de crianças e adolescentes no Brasil – O Globo.

Comentários

Related posts

‘Law tenta me destruir’, diz Medeiros

Helicópteros da FAB resgatam hoje mais 10 reféns das FARC

Fábio Pannunzio

Governo nega interferência em negociação na venda da Delta

Fábio Pannunzio

6 comments

maria saparowa 21/07/2012 at 03:43

Vixi,a noça presidanta vai ter que mudar de novo os nossos índices de (sub)desenvolvimento. Melhor avaliar pelo fator de felicidade,afinal brasileiro está na merda mas é feliz,né não?

Reply
strupicio 18/07/2012 at 16:24

A Bahia é um campo de morticinio de jovens, mas ja que é governado por um companheiro isso deve ser uma coisa boa..

Reply
SideShow Bob 18/07/2012 at 14:24

Aposto 30 dinheiros que os algozes destes “anjinhos” em 90% das vezes são pessoas da mesma faixa etária.

São garotos matando garotos.

Mas isto não é politicamente correto divulgar na pesquisa.

Reply
Jacob Samuelson 18/07/2012 at 12:53

Se com um PIB de 1,9% estamos, segundo nossa ‘magnífica’ presidente, 300% protegidos da crise econômica, imaginem então as nossas crianças? Com toda a preocupação e dedidacão da Dona Dilma elas devem ter, no mínimo, 1000% de proteção. A manchete dessa matéria é a maior prova disso!

Reply
Jacob Samuelson 18/07/2012 at 11:09

Taí, nossas crianças e adolescentes nos levando ao PIBÃO.
Parabéns, presidente Dilma!

Reply
André Amaral 18/07/2012 at 09:17

Destaque a queda no Estado de São Paulo: 76,1% entre 2000 e 2010.

Era o 4º Estado mais violento entre crianças e jovens, agora passou a ser o penúltimo.

Realmente, esses tucanos são fascistas, nazistas…

Reply

Leave a Comment