Deu no jornal Folha de São Paulo Notí­cias Opinião Polí­tica

“Apareça e cresça”

Eliane Cantanhêde

Ao pinçar Fernando Haddad, Lula quer repetir Paulo Maluf com Celso Pitta, em 1996, e José Serra com Gilberto Kassab, em 2008, na eleição para a Prefeitura de São Paulo. Além de reviver a vitória de Dilma para o Planalto, em 2010.

Em junho de 1996, Luiza Erundina era a favorita, com 32%, seguida por Serra, com 20%. Mas quem se elegeu foi Pitta, que tinha então apenas 11%.

Em julho de 2008, Marta Suplicy liderava as pesquisas com 38%, seguida por Geraldo Alckmin, com 31%. Ganhou Kassab, então com 13%.

O que fez toda a diferença para a vitória de Dilma, de Pitta e de Kassab? Responde Mauro Paulino, do Datafolha: a combinação da propaganda eleitoral gratuita com a “descoberta”, pelo eleitor, de que Lula, Maluf e Serra, respectivamente, estavam por trás dos candidatos, eram seus padrinhos. Pitta disparou para 43%, Kassab venceu com 31%.

A história das eleições também registra fenômenos opostos, como Francisco Rossi em 1996 e Maluf em 2004. Os dois foram estrelas cadentes: brilharam muito, mas rápido, e chegaram ao final com metade do que tinham antes da TV.

Por enquanto, Haddad e Chalita pedalam pela cidade para fortalecer a imagem do “novo”, Russomanno cai, literal e sintomaticamente, da bicicleta e se arranha todo, Serra passa vexame ao dar uma de garotão num skate e Soninha reclama de falta de espaço. Em vez de “cresça e apareça”, os candidatos estão na fase de “apareça e cresça”.

Deveriam, porém, descer de suas bikes e skates para discutir o que realmente interessa. Exemplo: os dados de ontem da Secretaria da Segurança sobre homicídios no Estado e na capital, péssimos para Alckmin e Kassab. Logo, para Serra.

O debate não é sobre quem é novo ou velho, nem sobre quem é padrinho de quem, mas sobre o candidato com reais condições de combater esse quadro de calamidade. Se não é, deveria ser. Pitta e Kassab estão aí para contar essa história.

Beba na fonte: Folha de S.Paulo – Opinião – “Apareça e cresça” – 26/07/2012.

Comentários

Related posts

Advogado de Jefferson deve citar Lula no julgamento do mensalão

Bruna Pannunzio

Um assassinato na agenda que Obama vem cumprir no Brasil

Fábio Pannunzio

Políticos europeus cobram Blatter sobre subornos a Havelange e Teixeira

Leave a Comment