Blog do Pannunzio

Manifestantes protestam no Congresso pela votação de PEC sobre caatinga

Na tentativa de conquistar o compromisso de deputados e senadores para a votação da PEC (Proposta de Emenda Constitucional) que transforma o cerrado e a caatinga em patrimônio nacional, cerca de 400 pessoas –entre elas 50 índios– fazem um protesto nesta sexta-feira em frente ao Congresso Nacional. Os manifestantes escreveram no gramado do prédio a expressão: “SOS cerrado”.

Como sexta-feira é um dia que a maior parte dos parlamentares não estão em Brasília, os manifestantes foram recebidos pela senadora Fátima Cleide (PT-RO) e os deputados Rômulo Gouvêia (PSDB-PB) e Eduardo Gomes (PSDB-TO). Os manifestantes entregaram duas toras de uma árvore típica do cerrado aos parlamentares.

“A nossa manifestação é pacífica, queremos apenas o compromisso de que essa PEC será votada. Essa proposta aguarda ser votada desde 1995 e nada mais justo do que no dia que se comemora o cerrado, nós nos reunirmos e cobrarmos uma definição dos políticos”, disse Aldo Pereira, representante do movimento Mobilização dos Povos Indígenas do Cerrado.

Segundo Pereira, o protesto foi programado para encerrar o 4º Encontro Nacional e Feira dos Povos do Cerrado, que discutiu nesta semana, em Brasília, formas de preservação da região.

Reportagem da Folha publicada hoje mostra que o cerrado perdeu nos últimos anos uma área de vegetação nativa ainda maior: a diferença registrada pelos satélites entre 2002 e 2008 é proporcional a 12 vezes a cidade de São Paulo, de acordo com levantamento divulgado pelo Ministério do Meio Ambiente.

Comentários

Related posts

Presidente do Senado critica transformação da embaixada brasileira em reduto político de Zelaya

Fábio Pannunzio

Decisão do STF dificulta recurso contra censura

Destaques dos jornais de hoje – O Estado de S. Paulo

Fábio Pannunzio

Leave a Comment