Cidadania Notí­cias Polí­tica

Resposta da Prefeitura de SP à matéria sobre a ética e o lixo

Transcrevo a seguir a íntegra da nota emitida pelo assessor de imprensa do prefeito Fernando Haddad, o jornalista Nunzio Briguglio, em resposta à matéria publicada hoje pelo Blog do Pannunzio versando sobre problemas éticos na regulamentação da Lei das Sacolinhas. Louvo a celeridade da reação. E aproveito para sugerir o mesmo rito a outros assessores de imprensa da mesma Prefeitura, menos eficientes mas mais soberbos do que o experiente Nunzio.

Prezado Fábio Pannunzio:

Com relações as afirmações que você fez no Jornal Gente, da Rádio Bandeirantes, e mais tarde em seu blog, gostaria de esclarecer algumas informações:

  1. A prestação de contas do prefeito Fernando Haddad está disponível no site do TSE. As contas foram devidamente declaradas e aprovadas na Justiça Eleitoral. Você mesmo disse que os fabricantes de embalagens fizeram a doação ao diretório municipal do Partido dos Trabalhadores.
  2. A contrapartida veio rápida quer dizer o que? O prefeito de São Paulo não cede a poderes de lobbies.
  3. A lei do prefeito Gilberto Kassab proibia a distribuição de sacolas plásticas nos supermercados. Foi questionada na Justiça, que a considerou legal e constitucional. Coube ao prefeito Fernando Haddad regulamentá-la. Preocupado em permitir uma alternativa à população, ele autorizou dois modelos que permitiriam inclusive separar o lixo orgânico do lixo reciclável.
  4. Haddad não é dócil, nem hostil. Tem se mostrado justo e republicano. Um tipo de político realmente raro.
  5. A cidade não foi surpreendida com o decreto. Teve tempo para se adaptar. Tempo aliás que foi prorrogado.
  6. Não há problemas de natureza ética. Ninguém é obrigado a usar as sacolinhas. Ninguém é obrigado a pagar por elas. Ninguém é obrigado a frequentar supermercados que cobram pelas sacolinhas.
  7. Se há mesmo alguma irregularidade, volto a te dizer que há uma Controladoria Geral do Município pronta para investigar as denúncias. Foi ela mesmo que descobriu o desvio de mais de R$ 500 milhões da máfia do ISS, que atuava durante gestão anterior.

 

Nunzio Briguglio

Related posts

Maluf levou cargo, diz Gilberto Carvalho

No Rio, quase metade dos prefeitos emprega 72 parentes

Serra critica governo de Lula em fórum em Biarritz

4 comments

helio tadashi yamanaka 18/05/2015 at 09:25

bom dia,
Ouvi o comentário no jornal gente e resolvi conferir a noticia no blog, é triste ver que no plano municipal reproduz-se o que já aconteceu no plano estadual com relação as sacolinhas. caro jornalista, se houver interesse posso passar-lhe dados que podem interessa-lo na história sacolinhas. abraços

Reply
Fábio Pannunzio 18/05/2015 at 21:41

Quero muito, Hélio. Por favor, mande seus contatos para o meu e-mail privado: pannun@gmail.com . Obrigado.

Reply
Ana Amélia Vieira Leão 16/05/2015 at 21:26

é um absurdo os motivos que essa “gente” PT. se desculpa sempre pondo à culpa no governante anterior, são hipócritas e dissimulados, é revoltante.

Reply
Eunice Martins Reinas 15/05/2015 at 18:26

vergonhoso, com tantas carestias, temos que baixar a cabeça e
e engolir mais essa, até quando?

Reply

Leave a Comment