A deixa do dia do Triunvirato do Vexame veio, mais uma vez, da ministra Damares Alves. Segundo ela, é fácil fazer com que as... Para Damares, igualdade de gêneros implica mulher apanhar sem reclamar

A deixa do dia do Triunvirato do Vexame veio, mais uma vez, da ministra Damares Alves. Segundo ela, é fácil fazer com que as mulheres atinjam a plenitude como seres humanos.

Para evitar erros decorrentes de uma paráfrase, transcrevo a frase inteira, retirada de seu discurso em comemoração ao Dia Internacional da Mulher: basta que os meninos sejam ensinados a “ levar flores, a abrir a porta do carro, elevando a mulher ao patamar de um ser pleno”.

A ministra também ressaltou que a igualdade, levada a seu extremo, pode ser perigosa e ameaçar a integridade física das mulheres. Ao se equipararem aos homens, elas teriam que apanhar sem reclamar.

“Enquanto nossos meninos acharem que menino é igual a menina, como se pregou no passado em algumas ideologias, já que a menina é igual, ela aguenta apanhar”, disse Damares.

A Ministra demonstra com muita clareza que não entendeu ainda que a luta secular das mulheres não é pela igualdade do porte físico e da força bruta. é pela igualdade dos papéis sociais, direitos e deveres.

Comentários