Blog do Pannunzio

Fontana: Atitude do MST é inaceitável

O líder do governo na Câmara dos Deputados, Henrique Fontana (PT-RS), considerou inaceitáveis as recentes invasões do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). Imagens mostradas pela televisão registram destruição de laranjais e do patrimônio de uma fazenda no interior de São Paulo.

“Aquela invasão e aquele vandalismo na fazenda em São Paulo são inaceitáveis. O nosso governo repudia profundamente”, disse Fontana. Ele reafirmou, no entanto, que considera inviável a criação de uma comissão parlamentar mista de inquérito (CPMI) para discutir o assunto.

O DEM, especialmente os representantes da bancada ruralista, recolhe assinaturas para a instalação da CPMI. No Senado, já existe número suficiente de assinaturas. Na Câmara, faltam 14.

“A oposição, em invés de resolver o problema, aposta em mais conflito e em luta política. Os democratas e aqueles que estão propondo a CPI querem não é solucionar, pensar em agenda positiva para a agricultura, pensar em mais investimentos, financiamentos, mecanização da agricultura familiar. Nós queremos essa agenda, não a agenda do conflito e da luta política e interminável. Os tempos da UDR (União Democrática Ruralista, entidade de classe que defende o direito à propriedade privada) ficaram para trás”, disse.

Fontana afirmou que o governo não irá “acirrar os ânimos”, apostando em conflito.

Embora sem dizer expressamente que vai trabalhar para a retirada de assinaturas do requerimento de criação da CPMI, o líder do governo  deixou claro que cabe à Justiça investigar o assunto (invasão e destruição de bens). “A Justiça tem de agir, tem de haver investigação sobre o que ocorreu. A oposição aproveita uma atitude absurda de um pequeno grupo de integrantes do MST e quer transformar isso na pauta nacional.”

Comentários

Related posts

Cassado, Arruda deve ser solto no início de abril

Jobim vai sugerir que Lula vete artigo da reforma sobre voto impresso

Fábio Pannunzio

PSDB vai votar em branco nas eleições para presidência do Conselho de Ética

Fábio Pannunzio

Leave a Comment