Blog do Pannunzio

Tiro de advertência: as primeiras imagens

As imagens a seguir acabam de ser divulgadas pelo Centro de Comunicação Social da Aeronáutica. Constituem o registro raro do momento em que um caça A-29 dispara um tiro de advertência contra um avião em voo clandestino. Foi a primeira vez que os caças da FAB chegaram ao limite do disparo do tiro de destruição desde a promulgação da Lei do Abate, em outubro de 2004.

O monomotor havia acabado de ingressar o espaço aéreo brasileiro vindo da Bolívia, de onde é a matrícula da aeronave. O piloto recebeu várias ordens para mudar o curso e pousar em Cacoal, em Rondônia. A interceptação ocorreu nos céus de Izidrolândia, distrito de Alta Floresta do Oeste, em Rondônia.

O piloto ainda tentou se esquivar da ação do caça pousando em uma pequena estrada vicinal. Mas o avião militar permaneceu sobrevoando o local até a chegada da Polícia Militar, que prendeu o traficante.

A bordo estavam 176 kg de pasta-base de cocaína.

{wmv}tiro{/wmv}

 

Related posts

Dias sobre o pré-sal: “Apressado come cru”

Fábio Pannunzio

Casa Civil nega que Erenice Guerra esteve no gabinete de ex-secretária

Avaliação positiva do governo Lula cresce em novembro

Leave a Comment